O natal de 2015 superou as expectativas de vendas no comércio eletrônico brasileiro. Saiba quanto o e-commerce daqui faturou!

De acordo com a e-Bit, empresa especializada em informações sobre o setor, mesmo com a crise, o faturamento das lojas virtuais alcançou um crescimento nominal de 26% em comparação com 2014, chegando a R$ 7,4 bilhões.

As três categorias que mais venderam foram, Eletrodomésticos, Moda e Acessórios e Telefonia.

A quantidade de pedidos chegou a 17,6 milhões, um aumento de 16% em comparação ao mesmo período do ano passado.

O tíquete médio foi de R$ 420,08, um crescimento de 8,4%. No total, 9,3 milhões de consumidores se conectaram para ir às compras pela Internet, 17,2% a mais que em 2014.

A participação dos dispositivos móveis no volume de transações do e-commerce, também subiu. O m-commerce (compras realizadas por smartphones e tablets), representou 13,6% nas compras dos presentes, índice acima do registrado em todo primeiro semestre, de 10,1%, confirmando a tendência de crescimento.

índiceClique na imagem para ampliar

 

Quer saber tudo sobre o comércio eletrônico?

Se você quer manter-se sempre bem informado sobre comércio eletrônico, assine gratuitamente o informativo da Bertholdo. Receba artigos, dicas, notícias, informações técnicas e todo tipo de conteúdo relacionado ao e-commerce e tecnologia. Clique aqui e informe seu e-mail.

QUERO ASSINAR

.

(Visited 106 times, 1 visits today)