Ter uma loja virtual é imprescindível para os empreendedores que buscam sucesso, pois a compra online vem crescendo bastante, por apresentar diversas vantagens aos consumidores e também para as empresas. Além dos benefícios, o empresário deve compreender que há vários fatores envolvidos no e-commerce e um deles é emitir nota fiscal eletrônica.

Para saber mais sobre essa importante etapa do negócio, confira este post!

Como emitir nota fiscal eletrônica no e-commerce

A importância de emitir nota fiscal eletrônica

O e-commerce gera obrigações fiscais e jurídicas como qualquer outro tipo de comércio. A emissão da nota fiscal é um processo que garante que a empresa declara e paga corretamente todos os impostos envolvidos nas operações que realiza.

Segundo relatório do IBPT — Instituto Brasileiro de Política Tributária — cerca de 65% das empresas de pequeno porte, 49% de médio e 27% das grandes empresas sonegam impostos, ou seja, cometem um crime que coloca o negócio em risco e gera multas altíssimas.

O passo a passo para emissão

A emissão da nota fiscal é um trabalho que faz parte do back office — procedimentos necessários após o pedido ser concluído na loja virtual.

Inicialmente, a emissão de notas fiscais pode ser um trabalho simples, mas que ocupa bastante tempo e limita o trabalho da equipe à medida que a empresa cresce. Para que se consiga extrair o máximo dos colaboradores naquilo que realmente importa, é indicado a utilização de um ERP — Enterprise Resource Planning, ou Sistema de Gestão Online. É uma ferramenta automatiza e organiza a emissão das NF-e’s.

A integração de um sistema ERP com a loja virtual permite que todo o processo seja controlado e garante que as operações sejam feitas de forma correta.

A emissão de nota fiscal eletrônica deve seguir alguns passos:

1. Obter um certificado digital

O primeiro passo consiste em obter o certificado digital. Ele se resume em um arquivo que possui a validação da empresa, com os dados necessários.

Para obtenção, você deve procurar uma autoridade certificadora. Após a escolha, basta solicitar o certificado no site da autoridade, agendar o dia e horário para comparecimento, levando toda a documentação necessária. Após verificação dos documentos e aprovação, o certificado estará disponível.

2. Cadastrar na Secretaria da Fazenda

De acordo com a unidade da federação, o cadastramento na SEFAZ — Secretaria da Fazenda — pode ser feito online. Se for o caso, basta, com o certificado digital instalado, fazer login como contribuinte utilizando a mesma chave de acesso do Posto Fiscal Eletrônico, PFE.

Verifique os dados cadastrais e faça os testes que serão indicados. Depois disso, basta selecionar a opção “Credenciamento para emitir NF-e em produção“.

3. Escolher um software emissor

Depois de obter o certificado digital e se cadastrar na SEFAZ, é o momento de escolher um programa para emitir nota fiscal eletrônica. Essa escolha deve ser feita com bastante cuidado.

Os sistemas não se limitam a geração de NF-e, pois são capazes de ajudar em diversas atividades, como controlar o estoque, cadastrar fornecedores e clientes, fazer o levantamento de vendas etc.

A otimização do processo com um sistema

A emissão da nota fiscal é uma etapa importante do trabalho no e-commerce, porque ela garante que a sua empresa respeita a legislação e assegura o futuro empresarial.

Vimos que, com o crescimento da empresa,  emitir nota fiscal eletrônica pode demandar muito tempo e o controle desses documentos se torna mais complexo.

Para simplificar o processo, recomenda-se a utilização de um ERP, que ajudará na emissão das notas, de forma integrada à loja virtual como um todo. Então, a escolha de uma boa opção de sistema pode otimizar o seu processo e gerar melhores resultados para o seu negócio.

Agora que você já sabe como emitir nota fiscal eletrônica, aprenda como um ERP integrado à loja virtual pode te ajudar e melhorar a produtividade da sua equipe!

(Visited 676 times, 1 visits today)