A equipe de desenvolvedores ABAP da Bertholdo  se preocupa com a constante qualidade na implementação de suas soluções. Em busca de uma melhor performance no desenvolvimento das aplicações.

Utilizamos uma série de ferramentas disponibilizadas no próprio SAP R/3, onde podemos verificar os recursos utilizados pelos servidores de aplicação e de banco de dados. Segue abaixo uma relação das principais transações utilizadas neste fim.

ST02 – System Workload Analysis:

Nesta transação é possível analisar o tempo de resposta de diversas operações executadas pelos servidores:

System Workload Analysis

ST04 – Cursor Cash

Nesta transação é possível analisar a performance do banco de dados por completo:

Cursor Cash

ST05 – SQL Trace

Nesta transação, temos a relação de todas as tabelas acessadas durante o período em que o Trace permaneceu ligado. Temos ainda: o número de registros lidos, os campos utilizados para pesquisa, tipo de índice secundário utilizado, número de prepare/fetch/open executados pelo banco de dados, entre outras funcionalidades:

SQL Trace

SE30 – Runtime Analisys

Nesta transação podemos selecionar quais os objetos que serão analisados: subrotinas, tabelas internas, acessos à BD e acesso à memória. A execução simula a transação (ou programa) em questão e no final exibe um relatório detalhado de todos os acessos realizados pelo programa:

Runtime Analisys

Runtime Analisys

SM50 – Process Overview

Durante a execução de uma transação ou programa, podemos analisar quais tabelas estão sendo acessadas, se o acesso é sequencial ou direto, e até se é uma transação que está sobrecarregando o servidor:

cid_image021_jpg01cbe4a8_400

(Visited 902 times, 4 visits today)