Esse post foi escrito pela equipe do Preço Certo, empresa especializada em precificação de produtos e indicadores financeiros e parceira da Bertholdo. Aprenda com quem entende sobre formar preço no e-commerce.

Todas as empresas, ao formar seus preços, consideram o mercado como pilar importante. Todos estão certos? Sim, porém incompletos. Pois formar preço no e-commerce não é só olhar os concorrentes.

Há uma grande demanda por parte dos empresários em conhecer os preços dos concorrentes e saber como se manter competitivo. Porém, o que se esquece é que isso é só um dos pilares para se formar um preço eficiente.

Como formar preço no e-commerce

Preço começa de dentro pra fora

As técnicas mais usadas pelos negócios hoje em dia são o markup e a pesquisa de preços, a precificação dinâmica. Simplesmente por serem mais famosas e bem aceitas entre o mercado.

Mas já parou para se perguntar se elas são eficientes? Entrando no mérito da precificação, olhar apenas os concorrentes significa formar preço de fora para dentro. O erro está em não perceber que o preço deve vir da estratégia de lucro do seu negócio.

Somente ao conhecer suas metas é que você pode definir seus preços. Por que? Preço está totalmente ligado a receita e lucro. Com as metas definidas, você chega a margem de contribuição ideal e ao retirar custos e despesas variáveis, você chega ao preço de venda final e efetivo.

O concorrente não é você

Por mais que isso seja clichê, trata-se de uma verdade que deve ser considerada. Seu concorrente não é e nem parece sua empresa, mesmo que venda produtos semelhantes.

Cada empresa tem seus custos, despesas e metas. O seu concorrente pode ter comprado o produto mais barato, obter condições comerciais diferenciadas, maior prazo de pagamento, ter metas e margens menores, dentre outros fatores que o tornam único.

Logo, formar preço no e-commerce, como falamos anteriormente, começa de dentro para fora. Você, ao analisar custos e metas, estabelece o preço do produto. Então, não devo considerar o mercado? Claro que sim, porém esse processo vem somente depois.

Ao formar seus preços, você pode variar margens para ficar competitivo no mercado. Você pode baixar ou aumentar seu preço, variando a margem, para aprimorar seu posicionamento. Mas nunca variar preços conforme a concorrência, pois cada empresa é única.

Qual o método ideal para formar preço no e-commerce?

O método mais eficiente é o de margem de contribuição, pois garante o lucro da venda após deduzir custos e despesas variáveis.

Definir preços por margens facilita em sua variação, pois ao invés de variar preços, você sobe e desce margens sabendo quanto está abrindo mão d0 lucro.

Assim, você consegue se manter competitivo, eficiente e ainda olhando o mercado.

Calculadora para formar preço no e-commerce

(Visited 153 times, 1 visits today)