A montagem de uma loja virtual exige grande investimento de tempo e esforço pessoal do empreendedor. Afinal, é necessário definir os produtos, estudar o perfil dos clientes, escolher a plataforma, contratar as formas de pagamento, estruturar a logística, planejar o marketing e muito mais. Muito trabalho não é mesmo? Mas e se depois de tudo isso, o resultado for apenas uma loja virtual travada?

Durante toda a preparação para a criação da loja virtual, é bastante comum que empresários fiquem ansiosos para conferir o resultado. Afinal, trata-se de um sonho, que muitas vezes ficou na cabeça por anos e anos.

Naturalmente, o empreendedor também fica com aquela grande expectativa de que todo esse esforço seja recompensado por meio de muitas vendas. Algo como: assim que a loja virtual for inaugurada, vamos ter muitos clientes realizando compras diárias.

Se você já montou sua loja virtual, ou participou desse processo, talvez tenha se identificado com a descrição acima. E é sobre isso que vamos conversar hoje. Vamos explicar em detalhes o que é uma loja virtual travada e como sair dessa cilada.

criando-oportunidades

Mas o que realmente acontece depois da loja virtual ficar pronta?

Normalmente, a primeira frustração surge quando a expectativa de vender muito não se realiza. O empresário esperava faturar de forma automática e instantânea apenas por abrir o negócio. Mas o canal de e-commerce não vende. O empresário fica com a sensação de ter adquirido uma loja virtual travada.

E, infelizmente, isso ocorre com muitos empresários no mercado brasileiro. Aquilo que estava escrito no plano de negócio não acontece.

O mais complicado nessa situação, é investir tempo e dinheiro em uma loja virtual que não vende (loja virtual travada).

Aqui, na Bertholdo, já recebemos dezenas de clientes que criaram suas lojas com outras empresas e, simplesmente, não alcançam o resultado esperado.

Na maioria dos casos, as tentativas de fazer com que o e-commerce obtenha sucesso dura meses.

E, é aí, que surgem diversas dúvidas sobre o problema da falta de vendas:

 

  • Será que eu fiz alguma coisa errada?

  • Existe algum problema técnico com minha loja virtual?

  • Existe algum problema com o cadastro dos produtos ou com os preços?

  • Como fazer minha loja vender sem precisar investir mais?

  • Devo investir pesado em marketing digital?

  • Devo contratar um novo gerente para a loja virtual?

  • Mas afinal, quais estratégias meus concorrentes estão utilizando para vender?

Identificou-se com alguma das dúvidas acima?

Acredito que sim! Por isso, escrevi esse artigo de forma a ajudar profissionais e empresários que estão vivenciando essa situação.

Agora, vou ensinar cinco passos essenciais a serem seguidos após a inauguração da sua loja virtual. Vou explicar, também, como manter o foco naquilo que é mais importante para o sucesso do seu negócio.

Vamos lá? Descubra os cinco passos que podem evitar com que você quebre sua loja virtual.

Esse relatório faz parte da série Criando Oportunidades. Se você não leu os relatórios anteriores, é só conferir aqui.

O EFEITO TRAVAMENTO

Talvez você já tenha assistido ao seriado do Chaves. Afinal, quase todo mundo já viu. Lembra-se quando o Chaves congela?

No mercado de e-commerce existe um fenômeno de travamento muito parecido com aquele congelamento do Chaves.

Criando Oportunidades

Já acompanhei, algumas vezes, uma situação bastante interessante. Veja bem: empresários que sonham em ter uma loja virtual, fazem mil planos para seu negócio na Internet e, quando a loja fica pronta, parece que a pessoa simplesmente “travou”.

Normalmente, esse efeito começa pelo baixo volume de vendas. Mas, além disso, há muitas outras causas a serem observadas e, já adianto, que uma das mais comuns é falta de foco.

Então, mantenha-se firme em seus propósitos, de forma a evitar que a sua loja virtual não decole, mesmo que ela tenha um grande potencial.

Sobre isso, uma das piores situações que já vivenciei foi ver, muitas vezes, um empresário travado em questões menores como interface ou tecnologia, rodando em círculos.

Isso o torna escravo de uma enorme contradição: investe tempo e recursos para criar uma loja virtual e, quando fica pronta, não consegue ou, simplesmente, não quer vender.

Agora, o tempo passa rapidamente… e a sua loja ainda não conseguiu o número de vendas suficientes. Como proceder?

Fazer a loja começar essa caminhada é uma prioridade. E é aí que você cria uma lista de tarefas com o intuito de resolver o problema.

Mas algumas dessas incumbências nunca são resolvidas. Já outras, você consegue resolver parcialmente, porém descobre que novos itens precisam entrar nessa lista de tarefas.

Nesse momento, você sente que tudo isso está se multiplicando e, consequentemente, o sucesso da sua loja virtual fica travado, já que existem ainda outras tarefas a serem finalizadas.

Você já parou para pensar qual a causa desse processo pernicioso? Por que uma grande oportunidade se transformou em uma lista de tarefas penosas? Ou por que sua loja virtual gera uma infinidade de dúvidas sufocantes?

COMO EVITAR A LOJA VIRTUAL TRAVADA

Gosto muito dos textos do escritor norte-americano Mark Ford. Ele possui um método chamado “Preparar, Fogo, Apontar”, que pode ser utilizado para a abertura de qualquer tipo de negócio.

Vou tomar emprestado algumas ideias do Mark e adaptá-las ao mercado de e-commerce. Em especial, sobre como montar uma loja virtual.

Você quer abrir uma loja virtual e vender muito na internet? Excelente, temos dois caminhos a seguir:

  • Você pode gastar a maior parte do seu tempo e dinheiro construindo a melhor e mais inovadora loja virtual. E, somente quando todas as funcionalidades que você sonhou estiverem funcionando perfeitamente, você irá pensar em como fazer a loja online vender.

  • Ou pode criar uma loja virtual com recursos simples, mas perfeitamente funcional. E já testar se consegue vender seus produtos na internet.

A maioria das pessoas escolhe o primeiro caminho por acreditar que somente a melhor loja virtual de todos os tempos pode obter sucesso. Exatamente por isso, muitos negócios online quebram.

Ao montar uma loja virtual, é essencial manter o foco nos resultados das vendas. Nas palavras do Mark, você deve dedicar 80% dos recursos para descobrir a melhor estratégia para conquistar clientes e gerar receitas financeiras.

Parece que muitos novos empreendedores do ramo esquecem ou simplesmente não sabem que: sucesso no e-commerce se faz com vendas.

Prova disso, são grandes lojas virtuais brasileiras que começaram de forma muito simples. No início, é praticamente impossível implementar todas as funcionalidades desejadas.

Um ótimo exemplo disso é a NetShoes, uma gigante do comércio eletrônico brasileiro de artigos esportivos. A empresa montou a primeira loja física em fevereiro de 2000. Em 2002, a companhia iniciou as operações de e-commerce e, em 2007, fechou suas 7 lojas, migrando seus negócios exclusivamente para o ambiente virtual. Hoje, a NetShoes possui recursos fantásticos em sua loja virtual, mas nem sempre foi assim.

Então, para evitar uma loja virtual travada, o primeiro passo é optar por começar simples e sempre focado em descobrir a melhor estratégia de vendas para o seu negócio. E nesse quesito não existe uma fórmula mágica. Cada negócio demanda estratégias específicas.

Lembre-se de que vender é a alma de um e-commerce. Com vendas entrando todos os dias e, dinheiro em caixa, você será capaz de investir em uma plataforma melhor, implementar novas funcionalidades, contratar uma empresa especializada para lhe apoiar, ter um gerente de e-commerce, ampliar o marketing digital e lançar produtos novos e melhores.

Mexa-se! Não fique travado e faça sua loja vender o mais rápido possível!

MINHA LOJA ONLINE JÁ ESTÁ NO AR. O QUE EU FAÇO?

O efeito travamento pega muitos empresários e profissionais de e-commerce. Talvez, nesse exato momento, você e sua loja estejam passando por isso. Chega de loja virtual travada!

Mas como sair dessa cilada?

Você pode encontrar muitas sugestões na Internet sobre como fazer sua loja virtual vender. Muitas envolvem soluções de tecnologia e marketing, além de outros investimentos. Isso pode funcionar para alguns casos. Mas eu não considero a melhor solução.

Há somente uma solução na qual eu realmente acredito. E ela envolve, primeiramente, uma mudança de atitude por parte dos responsáveis pela loja virtual.

A solução é composta por cinco passos:

  1. Se a sua loja virtual não vendeu, ou vendeu muito pouco, nos últimos três meses, tenha certeza, você está travado.

    Reconheça sua condição. Esse é o primeiro passo para deixar de sabotar o seu negócio. Admita, agora mesmo. Pare de esperar por soluções fantásticas que simplesmente não vão acontecer. Esqueça aquela lista de tarefas com funcionalidades maravilhosas que vão fazer sua loja vender muito.

  2. Não tente resolver tudo de uma vez. Divida o problema em partes. Pense em cada área da sua loja virtual separadamente. Procure identificar quais os maiores problemas, aqueles que afetam diretamente as vendas. Caso não consiga identificar os problemas sozinho, procure ajuda especializada. Algumas empresas oferecem serviço de avaliação e check-up de loja virtual gratuito.

  3. Descubra o seu público-alvo real. Você precisa saber exatamente para quem a sua empresa vende. Essa definição é determinante para seu sucesso. Certamente você fez a definição do público-alvo durante o planejamento da sua loja virtual. Mas, com poucas vendas, está na hora de fazer readequações. Procure, na medida do possível, conversar com seus clientes e obter esse feedback.

  4. Incentive seus clientes a comprarem com senso de urgência. Ofereça condições para que ele compre agora, e não adie a decisão. A melhor forma de fazer isso é utilizar as promoções. E não entenda promoção apenas como reduzir os preços dos produtos. Descubra, no link, técnicas e estratégias avançadas de promoções para fazer na sua loja virtual.

  5. Comece agora mesmo. Escolha apenas uma tarefa para realizar durante essa semana. Realize-a até o final desse prazo, mesmo que você não tenha certeza absoluta sobre a melhor forma de fazer com que isso aconteça. O importante é que, a cada semana, você faça algo pelo seu e-commerce. Continue! Mantenha o foco no resultado de vendas esperado para a sua loja virtual.

Loja virtual travada: resolva um erro de cada vez

Por isso, eu afirmo que o segredo é eliminar um problema a cada semana. Não importa se ele é grande ou pequeno.

Faça algo. Não deixe para vender depois. Não fique esperando pela melhor condição para começar a vender. Não deixe sua loja virtual travada.

Seguindo o método acima, sua loja começará a caminhar, e pouco a pouco, você ganha mais confiança e deixa o efeito travamento no passado.

Esse método é apenas uma forma de você mudar sua atitude e começar a fazer algo relevante para o sucesso do seu negócio. Mesmo sendo simples, espero que ajude os profissionais do e-commerce que, por algum motivo, estão parados no caminho.

No próximo relatório, vou apresentar cinco dicas essenciais para fazer sua loja virtual aumentar as vendas sem precisar investir mais.

Esse novo material vai complementar este que você está lendo. Nele, vou trazer novas ideias que poderão ser facilmente implementadas em sua loja virtual.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais! Estamos no Facebook e no LinkedIn.

Também quero lhe fazer outro convite: inscreva-se na nossa newsletter e receba nosso conteúdo, inclusive os textos da série “Criando Oportunidades”.

Outra opção é baixar o nosso aplicativo, que o acompanha em todos os lugares e momentos.

Caso tenha uma loja virtual travada, solicite nosso check-up gratuito. Assim, nossa equipe pode identificar a melhor forma para que a sua loja comece a vender.

Espero que esse conteúdo ajude profissionais do comércio eletrônico a não desistirem dos seus sonhos. Com pequenas mudanças de atitude você pode fazer com que a sua loja virtual venda muito. Já chega de loja virtual travada! Não é mesmo?

Sucesso e prosperidade a todos!

Flávio Augusto Bertholdo

(Visited 564 times, 1 visits today)