Com o grande crescimento do comércio virtual no Brasil, uma modalidade de delito também aumentou consideravelmente: as fraudes digitais. Muitos criminosos viram na internet a chance de aplicar golpes, e os e-commerces que não se protegerem poderão experimentar sérios problemas e grandes prejuízos.

No entanto, com as atitudes certas, é possível evitar ou ao menos minimizar esse tipo de situação. Existem algumas estratégias que podem contribuir  para a conquista do pagamento seguro no e-commerce.

Quer descobrir como prevenir fraudes? Então confira as dicas a seguir:

Pagamento_seguro_no_e-commerce_como_prevenir_fraudes.jpg.jpeg

Tenha uma plataforma confiável

O primeiro passo para o pagamento seguro no e-commerce é contar com uma plataforma confiável. Você deve hospedar sua loja virtual em ambiente que conte com linguagem de programação sofisticada e moderna. Antigamente, as plataformas de código aberto permitiam uma série de fraudes e problemas, mas agora os painéis de administração mais modernos tornam a entrada inacessível para hackers e criminosos digitais. O público em geral fica privado de qualquer tipo de acesso, e muitos painéis contam com autenticação secundária para identificar com mais garantia os usuários na rede interna.

Não armazene informações sensíveis

Outro ponto crucial para o pagamento seguro é evitar o armazenamento de dados confidenciais e informações sensíveis. Não existe nenhum motivo inteligente para que você guarde milhares de registros dos seus clientes, especialmente elementos cruciais como o número do cartão de crédito, o código de verificação do cartão e a data de validade.

O recomendável é refinar os registros antigos e manter apenas uma quantidade mínima de dados, que seja meramente suficiente para transações como estornos e reembolsos. O risco de violação certamente supera a conveniência para os seus clientes no check-out.

Exija senhas fortes

Você pode conquistar mais facilmente um pagamento seguro se sua loja virtual exigir dos clientes a utilização de um número mínimo de caracteres e que façam uso de símbolos e/ou números na criação de suas senhas. Se elas forem mais longas ou apresentarem login mais complexo, tornará mais difícil para os criminosos a realização de crimes virtuais em seu e-commerce.

Monitore o seu site regularmente

Monitorar o seu site regularmente é, lógico, uma estratégia inteligente para quem quer ficar seguro no ambiente virtual. Você deve ter uma ferramenta de análise em tempo real. Isso seria algo como instalar câmeras de segurança em uma loja real, ou seja, você consegue vigiar os visitantes e compreender como estão navegando e interagindo com o ambiente, possibilitando a detecção precoce de comportamentos suspeitos ou fraudulentos. Assim, você pode agir rapidamente e impedir que a conduta desses criminosos chegue a causar danos.

Tenha uma conexão segura para o check-out

Outro ponto crucial para evitar fraudes virtuais é ter uma conexão segura para pagamento on-line. É importante apostar no uso de certificados SSL para autenticar a identidade do seu negócio e criptografar os dados em trânsito. Isso protege sua empresa e seus clientes, evitando que criminosos obtenham informações financeiras importantes. É essencial também contar com um gateway de pagamento que use serviços de verificação de endereço, comparando o que foi digitado on-line com o arquivo da empresa de cartão de crédito, pois isso evita compras fraudulentas.

Quer saber se sua loja é segura?

Criamos nosso check-up gratuito para lojas virtuais. O objetivo desse check-up é descobrir os principais problemas e falhas que podem estar prejudicando sua loja virtual. E o melhor: esse check-up é completamente gratuito.

Clique aqui e solicite seu check-up gratuito.

(Visited 370 times, 1 visits today)