Proteja a sua loja virtual das fraudes durante a Black Friday, afinal, os lojistas também sofrem com os golpes preparados para a data. Hoje, vamos falar sobre o mais conhecido: as falsas transações por meio de cartões de crédito.

fraudes

Antes de prosseguirmos, vamos nos situar sobre a Black Friday 2016. Já adiantamos que as previsões são animadoras, principalmente em um momento de crise. Vamos lá!

Segundo pesquisa feita pela E-Bit, a Black Friday 2015 faturou R$ 1,6 bilhão e teve um crescimento nominal de 38% em comparação ao ano anterior. Para 2016, espera-se 3% a mais, o que significa que 84% dos consumidores online irão aproveitar a Black Friday para fazer compras.

fraudes

E é aí que chamamos a atenção para que você, lojista, reforce os cuidados para que não haja fraudes em suas vendas. O prejuízo pode ser grande,  já que esse perigo corresponde a 3,8% dos pedidos do comércio eletrônico brasileiro.

Então, tire da cabeça que aprovar o número de aprovações significa o aumento as vendas. Evite o chargeback – cancelamento da venda.

Como evitar fraudes de cartões de crédito

Como frisamos acima, a principal forma de fraude em e-commerce acontece por meio de cartões de crédito. Por isso, listamos três cuidados essenciais:

Atenção aos testadores de cartões de crédito

O testadores de cartões de crédito têm um perfil oportunista e estão preparados para realizar transações com baixos valores e em um curto período de tempo. Tudo isso é feito para que eles descubram se o cartão permanece válido.

Após esse “teste”, a pessoa começa a fazer compras com valores mais altos e produtos fáceis de serem vendidos a terceiros. Quando você perceber algo de errado, ligue para a central do cartão de crédito e pesquise sobre as últimas compras. Cheque também se houve algum pedido de cancelamento.

Não confie cegamente nos cadastros de clientes

Eles ajudam, mas não são tudo! Os cadastros dos clientes da sua loja virtual não devem ser o único meio utilizado para garantir a legitimidade de um pedido.

Pense que estamos em um cenário onde informações vazam a todo o momento e, por mais que o seu e-commerce seja seguro, isso pode acontecer. Também, tenha em mente, que quem está tentando utilizar o cartão de crédito, provavelmente, consegue capturar os dados cadastrais.

Dessa maneira, a validação simples, com a triangulação de dados, não garante segurança.

Estude o comportamento de compra e navegação dos seus clientes

Podemos dizer que estudar o comportamento de compra e navegação dos seus usuários pode ser uma das principais formas de identificar uma compra fraudulenta.

Uma situação típica é ver por onde o seu cliente navegou antes de adquirir um produto. Se alguém pretende comprar um eletrônico de alto valor, o normal é que haja pesquisa por outros preços e, até, mais marcas.

Então, se um usuário entrar na sua loja virtual e fechar uma compra alta, sem pesquisa, desconfie!

Agora, que você já conhece as dicas, faça uma reunião com o seus colaboradores de forma com que todos estejam engajados na busca por fraudes. Outra maneira, que também pode ajudar, é pedir para que as equipes de logística, distribuição e entrega informem comportamentos estranhos como, por exemplo, muitos pedidos para um mesmo endereço e em nomes diferentes.

Para saber mais, leia nosso textos sobre como se preparar para a Black Friday. Confira nossas dicas e aproveite, ao máximo, a data. Boas vendas!

Salvar

(Visited 163 times, 1 visits today)
Black Friday: proteja a sua loja virtual das fraudes Black Friday: proteja a sua loja virtual das fraudes Black Friday: proteja a sua loja virtual das fraudes 2019-09-24 08:58:08
5.00 5 1