fbpx

Como criar campanhas no Google Ads para seu e-commerce

Quais são as melhores práticas de Google Ads que você poderia aplicar no seu negócio? Entenda!

✓ Conteúdo criado por humano

O Google Ads é uma das melhores ferramentas para aumentar as vendas em uma loja virtual. Mas você sabe como criar uma campanha que realmente gere resultados? Saiba aqui.

A internet abriu um grande leque de oportunidades para empresas que atuam na área de vendas. Para o segmento de e-commerce, criar campanhas no Google Ads é uma das opções mais certeiras e com maior potencial de aumento direto das vendas.

No entanto, para que essas campanhas tragam resultados, é fundamental saber aplicar as estratégias à realidade da sua loja virtual. Confira, a seguir, o que fazer e o que não fazer na criação da sua campanha no Google Ads.

O que é o Google Ads e quais os seus diferenciais?

Primeiramente, é importante termos mais informações a respeito do Google Ads. Trata-se da plataforma de anúncios do Google, como o próprio nome sugere. Ela é considerada uma das ferramentas mais completas do mercado, lançada por volta dos anos 2000.

Um dos principais diferenciais de investir nessa solução é o fato de que há oportunidades mais amplas de segmentação. Nesse sentido, você poderá direcionar as campanhas exatamente para o perfil do seu público, o que aumentará as chances de conversão e, consequentemente, a receita do seu e-commerce.

Selecionamos alguns outros diferenciais do Google Ads para o seu negócio. Confira!

Maior exposição da loja

Já ouviu aquela máxima de que “quem não é visto não é lembrado”, certo? O Google Ads vai basicamente por essa linha. Ao fazer a segmentação correta do seu público e identificar as palavras-chave mais relevantes para o seu negócio, você vai ser encontrado por aquelas pessoas que realmente querem adquirir seus produtos.

Aumento das vendas

A tendência é que o maior tráfego para o seu site gere também mais conversões e mais vendas. Para que isso aconteça de forma mais efetiva, é importante investir em um conjunto de estratégias.

Por exemplo, a página deve ter um bom design, ser adequado à sua identidade visual, além de contar com descrições detalhadas e boas fotos de produtos. Assim, o usuário que visitar sua plataforma conseguirá analisar os diferenciais dos produtos, avaliar as possibilidades de compra e, depois, fechar negócio.

Investimento flexível

Um dos principais diferenciais de investir em Google Ads tem a ver com a flexibilidade do investimento. Você pode variar o quanto deseja empregar de acordo com as condições daquele período.

Por essa razão, é essencial entender quanto você tem de orçamento para as campanhas específicas, além de analisar e acompanhar de perto os resultados gerados. Desse modo, você tem a possibilidade de potencializar o que vem dando certo e de corrigir as campanhas que não trouxeram o retorno esperado.

Como criar campanhas no Google Ads para seu e-commerce

Quais os passos para criar campanhas no Google Ads?

A seguir, confira dicas práticas de como criar campanhas no Google Ads para alavancar o tráfego, as conversões e o faturamento do seu e-commerce.

Adequar a qualidade das palavras-chave

As palavras-chave adequadas ao negócio e relevantes para a pesquisa influenciam em grande medida a qualidade da campanha. Elas são como os filtros que direcionarão o anúncio para pessoas realmente interessadas naquele produto ou serviço. Quanto mais direcionado eles forem, maior será a taxa de conversão e menor será o custo da campanha.

Fique por dentro de novidades e dicas para a sua loja virtual!

Entender quais são as tendências de pesquisa também permite que esses termos sejam utilizados no conteúdo do anúncio, aumentando as chances de exibição para um público-alvo mais qualificado.

Existem diversas ferramentas que você pode utilizar para ajudar na seleção das palavras-chave. Entre as vantagens de trabalhar com os termos adequados, podemos destacar:

  • melhor segmentação do público-alvo;
  • maiores chances de ser encontrado em buscas relevantes;
  • melhorar a experiência do usuário;
  • se diferenciar frente a concorrência.

Definir o target

A definição do target é um dos primeiros passos antes de iniciar uma estratégia de marketing digital e deve constar já no planejamento do negócio. Conhecer o público-alvo aumenta as oportunidades e direciona o posicionamento e a atuação da empresa, principalmente, on-line.

Nos meios digitais, o objetivo é falar diretamente com o público-alvo relevante para a marca. Não conhecer qual é esse perfil pode causar prejuízos financeiros e afastar os usuários que se tornariam, de fato, clientes.

Para definir o target da campanha no Google Ads, é preciso considerar uma série de fatores, como:

  • características básicas — idade, sexo, renda, nível de escolaridade etc.;
  • informações geográficas — região onde mora, onde realiza as pesquisas;
  • aspectos comportamentais — objetivos, hábitos, preferências etc.

Fazer o mapeamento das conversões

Saber onde as conversões ocorrem é essencial para aumentar a qualidade da campanha no Google ADs, direcionar os investimentos para oportunidades mais vantajosas e diminuir o custo por clique. Mapear as conversões significa conhecer o que os leads estão fazendo e utilizar essas informações para melhorar a campanha.

Por exemplo, se um anúncio está proporcionando excelentes resultados em determinado horário e região, enquanto em outro local não há nenhum clique, você pode avaliar se realmente compensa investir parte do orçamento nessa segunda região ou se será mais vantajoso concentrar os esforços nas regiões e horários que oferecem melhores resultados. Não se esqueça:

  • analise a palavra-chave, os anúncios, o horário, o dia da semana e a região;
  • mantenha todos os códigos instalados para que seja possível rastrear essas informações;
  • utilize seus relatórios semanais para otimizar a campanha.

O que não fazer em uma campanha no Google Ads?

Conferimos até aqui o que deve ser feito para aumentar a qualidade da campanha no Google Ads, mas também é muito importante saber o que não se deve fazer. Confira.

Esquecer os diferenciais

Um dos principais erros nas campanhas pagas é ser genérico demais para atrair todos os públicos e não explorar adequadamente os diferenciais da empresa.

Destaque seu diferencial no título do anúncio (se não for possível, coloque-o na primeira linha!). Por exemplo, se o diferencial é o frete grátis, use essa informação destacada. O mesmo vale para casos em que o diferencial está no preço, no design, nas opções de pagamento etc. O importante é comunicar valor ao usuário — e não precisa ser a todos os usuários, foque o seu público-alvo.

Não usar landing pages

Um anúncio que direcione o usuário para uma página genérica e não para o tema da pesquisa pode causar a sensação de que ele foi enganado. Para evitar esse problema, utilize landing pages focadas no ponto central do anúncio — é possível fazer essa separação por grupos de anúncios. Ou seja, entregue ao usuário a informação que ele pesquisou, valorizando a clareza e a objetividade da landing page.

Não contar com nenhum parceiro

O ideal é que você conte com um parceiro que entende o mercado de e-commerce e contribua para otimizar suas campanhas. Com isso, você terá criativos (peças gráficas), textos mais otimizados e definição de público mais precisa para alcançar os objetivos desejados.

Ao criar campanhas no Google Ads, como em toda estratégia de marketing, é importante montar um bom planejamento e ter um monitoramento contínuo para entender o que vem dando certo e o que precisa de ajustes. Somente assim é possível alinhar as ações para garantir melhores resultados e atrair um número maior de clientes para o seu e-commerce.

Gostou deste conteúdo e quer encontrar o parceiro ideal para criar campanhas de sucesso no Google Ads? Entre em contato com a gente, converse com a nossa equipe e saiba como a Bertholdo pode auxiliar.

5/5 - (1 Voto)
Checkup de Loja Virtual

Autor/a

Bertholdo

Conteúdos relacionados

Rolar para cima
Rolar para cima