fbpx

Aumentar a taxa de conversão: 9 dicas para aplicar agora!

A sua loja virtual tem muito tráfego e poucas vendas? Chegou a hora de rever as estratégias e focar na taxa de conversão. Veja dicas!

Calendário do e-commerce 2024: melhores datas para vender online

A taxa de conversão, que é o percentual de pessoas que visitou o seu e-commerce e se transformou em vendas, está baixa? Alguns fatores podem impactar nesse resultado. Do valor do frete à usabilidade, é preciso estar atento a esses números, já que eles são essenciais para o sucesso do seu negócio.

Segundo pesquisa divulgada pelo E-commerce Radar, a taxa de conversão média no comércio eletrônico brasileiro é de 1,4%. À primeira vista, esse número pode soar muito baixo, mas a verdade é que ele não é assim tão fácil de ser alcançado.

Por isso, trouxemos 9 dicas para que a sua taxa de conversão seja satisfatória, tornando a sua loja virtual rentável para o seu bolso. Acompanhe!

As boas práticas para a sua taxa de conversão

Para aumentar a taxa de conversão da sua loja virtual você precisa ser estratégico e colocar em prática ações eficientes, que realmente tragam resultados positivos para o seu negócio. Do contrário, você só gastará esforços em processos que apenas trarão frustração, uma vez que seus potenciais clientes darão atenção para a sua concorrência e não para a sua marca.

Para ajudá-lo a driblar esse tipo de situação, trouxemos aqui 9 boas práticas indispensáveis para quem deseja melhorar a taxa de conversão do seu e-commerce. Vamos conhecê-las?

Como melhorar a taxa de conversão da loja virtual

1. Tenha um site responsivo

De acordo com o site Valor Econômico, 59% dos brasileiros acessam a internet por meio do celular. Isso porque a compra de tablets e notebooks ainda não é uma realidade para boa parte da população.

Sendo assim, é importante pensar em um layout responsivo, que funcione bem para desktop e mobile. Mais do que isso, pensar em mobile first pode ser a melhor prática hoje para o seu negócio.

Tome nota, já que essa é uma das principais melhorias para o ajuste da taxa de conversão da sua loja virtual.

2. Ofereça um site seguro e deixe isso visível aos visitantes

O vazamento de dados se tornou um dos principais problemas de compras online. A partir disso, disponibilizar informações que transmitam segurança é mais que importante.

Obter o certificado SSL é uma das maneiras de comprovar a segurança dos dados recebidos em seu site. Já os selos de segurança transmitirão credibilidade. Para finalizar esse tópico, que tal abrir um espaço para a avaliação de clientes? Atualmente, esse tipo de troca faz com que os consumidores escolham pela compra em determinado local.

3. Pense no valor do frete

Sabemos que nem sempre é fácil ofertar frete gratuito ou baixo valor aos clientes. Uma das maneiras de driblar essa questão é fazendo promoções com valor mínimo.

Temos um outro conteúdo em que contamos mais sobre as formas de tornar o seu frete mais atrativo. Não deixe de ler, já que muitos abandonos de carrinho acontecem nesse momento da jornada de compra.

Otimizar Taxa de Conversão no E-commerce

4. Conte com um checkout confiável e otimizado

Após escolher todos os produtos, o cliente vai para o checkout. Depois de algum tempo nas escolhas, é comum pensar que ele não desistirá da compra, certo? Afinal, tempo é dinheiro. E é aí que muitos lojistas se enganam.

A apresentação do checkout, com layout que transmita confiança e selos de segurança, é um item que jamais poderá ser deixado de fora do seu planejamento. Se o usuário desconfiar de algo, o carrinho será abandonado, independente do tempo que ele tenha demorado para ser preenchido.

5. Disponibilize diversas formas de pagamento

Uma parcela significativa dos brasileiros não possui cartão de crédito. Então, oferecer mais opções em formas de pagamento, como boleto e PIX, poderá aumentar a taxa de conversão do seu e-commerce.

O PIX, que leva o dinheiro para a sua conta em segundos, é uma excelente estratégia para também disponibilizar algum tipo de desconto ao cliente. Oferecer 5% de economia, por exemplo, é um ótimo gatilho. E, claro, dependendo, você vai economizar nas taxas dos cartões de crédito.

6. Inclua testes A/B na estratégia

Para saber se uma estratégia dará certo, você precisa testá-la. Com os testes A/B, você consegue comparar diferentes variáveis e identificar qual estratégia tem uma melhor performance.

Dentro do seu e-commerce, por exemplo, é possível alterar as cores dos botões e o CTA (call to action) para analisar quais engajam mais o seu potencial cliente. Dessa forma, é possível conseguir um feedback real do seu público, uma vez que você estará baseando suas decisões em fatos consolidados.

Outro exemplo que podemos dar é em relação aos seus anúncios. Aqui, você pode testar diferentes imagens, segmentação de público, textos, botões de CTA e até mesmo o horário das postagens.

Dicas para melhorar a taxa de conversão

7. Tenha uma proposta de valor bem definida

A proposta de valor determina qual é a relevância da sua marca. Estamos falando das vantagens que o seu produto ou serviço oferece ao seu potencial cliente. Inclusive, ela destaca o seu diferencial competitivo, mostrando por que uma pessoa deve comprar de você.

Para criar uma proposta de valor, basicamente é preciso:

  • conhecer o seu público-alvo, a fim de entender como o seu produto pode ajudá-lo a solucionar o problema;
  • conhecer seus concorrentes para entender se o seu diferencial competitivo é realmente algo que ninguém mais oferece;
  • determinar o principal benefício do seu produto, com o intuito de chamar a atenção dos seus potenciais clientes;
  • desenvolver uma linguagem clara e objetiva para que o seu público entenda facilmente como seu produto pode ajudá-lo.

8. Siga as etapas do funil de vendas

O funil de vendas ajuda o gestor a ter uma visão mais ampla do seu negócio, identificando gargalos no processo de vendas que devem ser resolvidos o quanto antes. Além disso, por meio do funil existe a possibilidade de entender quais negócios estão prontos para serem fechados e, assim, fazer uma previsão até o final do mês.

Com essa previsibilidade, é possível manter o desenvolvimento saudável da empresa sem precisar fazer promoções “desesperadas” para reduzir o estoque. As etapas do funil de vendas são:

  • prospecção;
  • qualificação;
  • apresentação;
  • negociação;
  • fechamento.

Após definir e documentar essas etapas, analise se a execução está sendo feita da melhor maneira.

9. Antecipe as objeções dos clientes

Quebrar as objeções de seus clientes é indispensável para melhorar a taxa de conversão no e-commerce. Sendo assim, nesse momento, é importante que você:

  • demonstre autoridade no assunto: o público precisa se sentir confiante na hora da tomada de decisão:
  • antecipe as principais causas de rejeição: mostre a solução antes mesmo do cliente argumentar algo;
  • trace o perfil do cliente: dessa forma, é possível elaborar as melhores estratégias de respostas;
  • trabalhe o relacionamento: isso garante novas oportunidades de vendas no futuro, uma vez que o cliente sempre terá a sua marca como referência.

Com tantas dicas ricas, você já pode começar a colocá-las em prática para melhorar a taxa de conversão do seu e-commerce. Lembre-se de que, quanto mais você investir nessas estratégias, melhores serão seus resultados.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com os seus colegas nas redes sociais e nos ajude a disseminar essas informações tão importantes para o crescimento de um e-commerce.

5/5 - (6 Votos)

Conteúdos relacionados

Rolar para cima
Rolar para cima