Quem trabalha com tecnologia SAP já sabe que a empresa alemã adora mudar nomes de produtos. Isso já aconteceu diversas vezes e sempre gera muita confusão. Aconteceu novamente com o SAP Hybris.

Hoje, vou te explicar as diferenças entre SAP Hybris e SAP Commerce Cloud. Espero ajudar a reduzir a confusão sobre esse assunto, pois os nomes se multiplicam e a tradicional sopa de letrinhas complica cada vez mais.

Para começar, você precisa entender que Hybris, originalmente, era uma marca focada em softwares para e-commerce. Logo, esse nome vai além de uma solução ou produto específico.

Hybris Software

Sobre a Hybris Software

 Vamos falar um pouco sobre a história da Hybris. A empresa foi adquirida pela SAP em 2013. Fundada no final dos anos 90, a plataforma Hybris surfou a onda de crescimento do comércio eletrônico do início dos anos 2000. Tendo lançado diversos produtos para demandas específicas do e-commerce e gestão comercial.

Mesmo antes da aquisição pela SAP, os produtos da Hybris formavam uma família (suíte de aplicações), trabalhando juntos para atender demandas comerciais de ponta a ponta. Porém, esse modelo de suíte é bastante diferente de um ERP, onde os componentes são realmente integrados e funcionam como uma unidade.

A família SAP Hybris

Logo após a aquisição, a SAP decidiu manter o nome Hybris e inclusive passou a utilizar o termo “SAP Hybris” como um guarda-chuva para uma diversificada família de produtos. O grande problema é que apesar do nome em comum, os produtos são distintos, vendidos separadamente e com público-alvo e finalidades próprias.

Para complicar um pouco mais, a SAP decidiu rebatizar alguns dos seus antigos produtos com o nome “SAP Hybris”. Ao que parece, o critério adotado foi incluir o termo Hybris no nome de todos os produtos SAP focados no gerenciamento da experiência do cliente.

Dessa forma, o antigo SAP Cloud for Customer (C4C), o CRM na nuvem da SAP, foi rebatizado para SAP Hybris Cloud for Customer. A mudança levou algumas pessoas a acreditarem tratar-se de um único produto, com diversos módulos. Talvez fazendo analogia ao SAP ERP e seus módulos FI, SD, MM, PP, etc. Mas isso é um engano.

Hybris não é uma plataforma com todos os componentes incluídos. Ao adquirir o SAP Hybris commerce você não recebe no pacote C4C, e vice-versa. Ter o mesmo nome, não transformou os produtos em uma plataforma totalmente integrada.

Veja abaixo um esquema com os principais produtos da família SAP Hybris.
Família de produtos SAP HybrisNo diagrama acima, vemos claramente que essa família possui quatro produtos. Nesse post, não iremos explicar cada um. Isso fica para a próxima oportunidade.

Afinal, o que significa SAP Hybris?

Muitas pessoas utilizam apenas o termo “Sap Hybris”. Quando elas fazem isso estão se referindo à qual dos quatro produtos?

Em geral, esse termo é utilizado para referir-se ao produto mais utilizado da família o SAP Hybris Commerce.

O SAP Hybris Commerce é uma plataforma de comércio eletrônico completa e líder de mercado. Pode operar tanto na modalidade B2C quanto B2B. No Brasil e no mundo, a plataforma está ganhando espaço dentro da base de clientes da SAP. 

Mas afinal qual a diferença entre SAP Hybris e SAP Commerce Cloud.

Deixei essa resposta para o final, pois precisava que você entendesse todo o cenário envolvido. Diga-se de passagem, não é nada simples.

A SAP fez mais uma fez suas famosas e constantes trocas de nomes.

O SAP Hybris Commerce (ou apenas SAP Hybris como dizem alguns) foi renomeado como SAP Commerce Cloud. Ou seja, basicamente, é o mesmo produto agora com outro nome e em formato de comercialização na Nuvem (SaaS). Ao que parece, a SAP desistiu de utilizar o termo “Hybris”. Seja como for, todas essas trocas de nomes geram imensa confusão.

Agora, você já sabe que são nomes distintos para o mesmo produto. No mundo SAP, você precisa se acostumar com isso. Sempre acontece!

Avaliação sobre o SAP Commerce Cloud

Antes de terminar, quero deixar minha pequena avaliação sobre o SAP Commerce Cloud. Trata-se de uma excelente opção de plataforma de e-commerce. Porém, percebo três problemas principais (que devem ser avaliados com muito cuidado):

  1. O investimento envolvido é bastante elevado quando comparado com outras plataformas  líderes de mercado, como Magento e Oracle. Pequenos projetos, como por exemplo um e-comemrce B2E,  podem ser implementados com a versão open source do Magento, custando uma fração (talvez um décimo) do custo da plataforma SAP; 
  2. Alguns aspectos relativos à localização Brasil ainda são complexos e exigem custos adicionais signifativos, como por exemplo meios de pagamento e formas de entrega. Ao que parece, o cenário é o mesmo que ocorreu nos primeiros projetos brasileiros do SAP r/3 (antigo nome do SAP ERP). Outras plataformas como Magento (agora rebatizada Adobe Commerce Cloud *) possuem dezenas ou até mesmo centenas de opções implementadas para atender demandas específicas do Brasil (como por exemplo pagamento com Boleto de diversos bancos, cartão de débito e crédito entre outras);
  3. Existe pouca disponibilidade de especialistas realmente qualificados no SAP Commerce Cloud no Brasil. Fato que pode ampliar os custos de projeto e manutenção.

Espero ter te ajudado a entender um pouco sobre a sopa de letrinhas do SAP Hybris.

Se precisar de uma consultoria gratuita sobre e-commerce integrado ao SAP ERP ou SAP S/4HANA, fale com a Bertholdo. Nós podemos te ajudar. Nossa equipe é especialista em diversas plataformas de e-commerce e também em consultoria nos produtos SAP.

Se você puder compartilhar esse post nas suas redes sociais ou deixar um comentário, ficarei muito grato e honrado. 

(*) Em 2018, a Adobe adquiriu a plataforma de e-commerce Magento.

(Visited 681 times, 1 visits today)