Formação do preço do frete: o que costuma ser considerado?

O sucesso de um e-commerce está relacionado a uma série de fatores. Dentre eles, a formação do preço do frete é um dos pontos mais relevantes. Afinal, se esse custo não for devidamente considerado, o negócio pode sofrer prejuízos e até mesmo se tornar menos competitivo.

A grande questão é que definir o valor correto de entregas não é uma tarefa simples. Levando esse fato em consideração, optamos por preparar este conteúdo para ajudar a lidar com o problema. Leia o artigo e descubra agora os principais fatores que influenciam o preço do frete!

Principais fatores que influenciam na formação do preço do frete

Pesos e dimensões

A entrega de um produto demanda um meio de transporte, seja ele um carro, um caminhão, uma moto ou até mesmo uma bicicleta. Nesse contexto, é fácil chegar à conclusão de que quanto mais pesado o item que será entregue, maior a quantidade de energia gasta para transportá-lo, o que reflete em um consumo mais elevado de combustível e em um aumento da carga de trabalho dos profissionais responsáveis.

É importante ressaltar que o espaço disponível no meio de transporte é limitado. Para compensar o espaço ocupado por embalagens mais volumosas, é normal que as transportadoras cobrem mais para transportá-las. Por esse motivo, as dimensões de uma encomenda também impactam o custo de seu envio.

Distância percorrida

Além do peso e do volume, a distância é outro ponto crucial quando pensamos na formação do preço do frete. Isso ocorre porque, para entregar uma encomenda, a transportadora precisa lidar com fatores como o consumo de combustível, o desgaste de peças e de componentes do veículo, a hora de trabalho dos colaboradores e muitos outros pontos.

Esses fatores obviamente são refletidos no custo final da entrega, tornando o frete mais caro ou mais barato de acordo com a distância com que a transportadora vai lidar para realizar a entrega.

Valor da mercadoria e áreas de risco

Não é exatamente uma novidade que o Brasil sofre com graves problemas de segurança pública. Problemas estes que, dependendo do valor do item a ser transportado, exigem da empresa transportadora um investimento em medidas mais sofisticadas de segurança, o que encarece o envio do produto.

Em áreas consideradas de risco, onde situações críticas como roubo de cargas ocorrem com frequência, a transportadora também é forçada a arcar com medidas de segurança mais avançadas, como seguros mais custosos, o que também afeta diretamente o preço do frete.

Impostos e tarifas

É impossível listar os fatores que impactam a formação do preço do frete e deixar de lado a tributação. Afinal, para enviar uma mercadoria entre estados ou municípios, a transportadora precisa lidar com o ICMS.

Mesmo nas situações em que a entrega da mercadoria é feita dentro do mesmo município, a empresa transportadora é tributada pela atividade na forma do ISS. Além disso, é importante levar em consideração que a empresa precisa lidar com outras tarifas, como os pedágios nas estradas. No fim, todos estes tributos e tarifas aumentam o preço do frete.

A importância da formação do preço do frete

Embora a tarefa de definir o frete ideal seja complicada, ela é fundamental, pois, sem cobrar um custo adequado pelas entregas, dificilmente o negócio on-line será capaz de obter lucros. E, se os preços de entrega praticados por ele forem altos demais, seus clientes podem simplesmente buscar por opções mais baratas.

Por essa razão, é importante que os donos de uma loja on-line considerem cada um desses fatores e que, com base neles, pesquisem as melhores soluções de entregas disponíveis no mercado.

Você já teve problemas com a formação do preço do frete? Deixe um comentário e compartilhe conosco sua experiência com este assunto!

5/5 - (1 avaliações)

Conteúdos relacionados

Rolar para cima