Giro de estoque

Giro do estoque: o que é, importância, como calcular e mais

Você sabe realmente como anda a rotatividade dos seus produtos? Acompanhar o giro do estoque é mais que um cuidado extra na gestão da empresa. Trata-se de uma ferramenta para manter a saúde financeira, planejar vendas a longo prazo e saber o que fazer para evitar prejuízos.

O estoque é um setor indispensável para o pleno funcionamento de outras áreas, como o financeiro e o setor de vendas. Por isso, as empresas procuram observar a situação real dos seus recursos disponíveis, o que permite identificar ameaças e oportunidades para a lucratividade de um negócio. Saiba mais sobre o giro de estoque logo abaixo!

Giro de estoque

O que é giro do estoque?

O giro de estoque é um indicador simples usado para identificar a velocidade de renovação dos produtos no estoque durante determinado período, geralmente um ano. Calculando o giro, você também consegue saber o tempo médio de permanência dos produtos antes da comercialização.

A má administração do estoque prejudica tanto o trabalho dos gestores, que não conseguem fazer novas previsões, quanto o trabalho dos vendedores, que não sabem o que foi renovado, vendido e o que está parado. Por essa razão, empresas acompanham o giro do estoque para melhorar a gestão e buscar equilíbrio nas vendas.

Como calcular o giro do estoque?

O cálculo do giro do estoque é simples. A fórmula é: número total de vendas / volume médio de estoque no período.

Imagine que uma loja virtual vende 3.500 peças em um ano e o seu estoque médio nesse período é de 100 peças. Aplicando a fórmula, a conta fica: 3.500/100 = 35. Nesse caso, o estoque da loja gira 35 vezes por ano.

Se o resultado do giro for menor que 1, significa que há muitos produtos parados no estoque. O ideal é trabalhar para aumentar a quantidade de vezes que os produtos entram e saem, sempre de olho nos itens com menos saída para pensar em estratégias específicas de vendas.

Você também pode fazer o cálculo usando o valor total dos produtos em um período. Imagine que no exemplo acima as peças vendidas resultaram em 450 mil reais e o estoque médio acumulava 30 mil reais. A conta ficaria: 450/30 = 15. Nesse caso, o giro anual foi de 15 mil reais.

Qual é a importância do giro de estoque?

É indispensável que os empreendedores conheçam o seu estoque, avaliando com frequência o que está parado e o que foi renovado. Assim, fica mais fácil entender a sua demanda, evitar prejuízos, fazer previsões de compra e venda, além de planejar novas estratégias para evitar que os produtos fiquem parados por muito tempo.

Além de calcular o giro do estoque, é fundamental que os empreendedores realizem algumas ações para manter o controle dessa área. Alguns exemplos são fazer compras baseadas nas vendas para manter a saúde financeira da empresa, trabalhar com o mínimo de estoque e contar com a ajuda de uma consultoria especializada.

Gostou do conteúdo? Aproveite para assinar a newsletter da Bertholdo e receber nossas dicas e novidades exclusivas sobre gestão de loja virtual!

Conteúdos relacionados

Rolar para cima