OKR, sigla em inglês para Objetivos e Resultados Chave, é uma metodologia organizacional orientada para a definição de objetivos e posteriormente a escolha de resultados chave que deverão ser mensurados.

No OKR é fundamental que os resultados estabelecidos sejam tangíveis, como por exemplo: aumentar em 50% o número de vendas no e-commerce ou atingir 10.000 visualizações por dia no canal do Youtube, para que no final do ciclo determinado seja possível, de forma mais assertiva e conclusiva, definir se o resultado proposto foi alcançado ou quanto dele foi atingindo.

O que é OKR? E como o Google o utiliza para atingir suas metas

O método OKR surgiu pelas mãos de Andrew Grove, o ex-CEO da Intel, no entanto ganhou mais visibilidade através de John Doerr, grande entusiasta do OKR e um dos principais investidores do Google.

Em sua participação no TED da edição de 2018, que você pode conferir aqui, John dedica a sua explicação à aplicabilidade do OKR em instituições públicas, empresas privadas, uso individual e cita o case de sucesso no processo de criação do Google Chrome para exemplificar a metodologia:

“Em 2008, na Google, Sundar Pichai aceitou o objetivo de construir a próxima plataforma para o futuro das aplicações WEB. Em outras palavras, construir o melhor Browser”.

Jonh chama atenção para a forma cuidadosa de como Sundar definiu os resultados chave, se concentrando apenas no indicador de Número de Usuários. Afinal, não existiria forma mais objetiva e mensurável de confirmar se havia desenvolvido ou não um ótimo browser, do que saber quantas pessoas estavam o utilizando.

“No primeiro ano a meta era 20 milhões de usuários, mas não conseguiu cumpri-la. Conseguiu menos de 10 milhões. No segundo ano ele subiu a meta para 50 milhões e atingiu 37 milhões de usuários.

No terceiro ano subiu a meta mais uma vez para 100 milhões. Lançou uma campanha de marketing agressiva, ampliou a distribuição, aperfeiçoou a tecnologia e conseguiu 111 milhões de usuários.”

No case exposto por John Doerr, fica bem claro a definição de que o objetivo (O) era criar o melhor browser e o resultado chave (KR) a ser medido seria o de número de usuários.

A cada trimestre, todo funcionário do Google elabora seus objetivos e resultados chave, estes objetivos são classificados e publicados tornando-os acessíveis para todos os demais colaboradores com a finalidade de conseguir um comprometimento e um engajamento coletivo.

Como começar a introduzir o OKR na minha organização ou no meu negócio?

Alinhamento com objetivos da Empresa

Inicialmente é imprescindível que as metas que forem estabelecidas estejam alinhadas com o que a empresa deseja alcançar e cada departamento, por meio dos seus gerentes, devem definir seus objetivos e resultados chave, fazendo com que estes sejam desdobrados para suas respectivas equipes.

Período do Ciclo de OKR

O ideal é que OKRs para alto nível tenham ciclos anuais, abordando macro objetivos da empresa, dos quais se derivarão os OKRs para os departamentos e para seus respectivos times. Estes por sua vez podem ser mais detalhados e ter periodicidade trimestral. No entanto devido às características e particularidades de cada empresa e como cada organização se comporta é possível trabalhar OKRs com outros períodos.

Definição de OKRs

Estude os principais conceitos da metodologia, aplique à realidade da sua empresa, simplifique e estabeleça objetivos audaciosos, mas não impossíveis.

Levante entre 2 e 5 resultados-chave simples e mensuráveis para cada objetivo definido.

Certifique-se que os resultados chave propostos para atingir o objetivo sejam indicadores mensuráveis que possam determinar, ao final de um ciclo, de forma simples e objetiva, se o resultado foi atingido ou não.

Andy Groove, já na década de 70, dizia sobre o sistema de gestão por objetivos: “Objetivo é a direção, os resultados chave têm que ser medidos, mas ao final, você deve olhar e dizer sem dúvida: Eu fiz isso ou não? Sim. Não. Simples”.

Veja abaixo exemplos de como aplicar a metodologia OKR:

Objetivo: Melhorar o engajamento com clientes e leads

  • Resultado Chave 1: Disponibilizar 15 artigos por mês
  • Resultado Chave 2: Apresentar 12 webinars por trimestre
  • Resultado Chave 3: Aumentar em 30% o número visitas nas redes sociais em 2 meses.

Objetivo: Lançar aplicativo mobile

  • Resultado Chave 1: Contratar 3 desenvolvedores
  • Resultado Chave 2: Obter 10.000 usuários usando o aplicativo dentro de 3 meses

Objetivo: Implementar testes de usuário

  • Resultado Chave 1: Realizar 100 testes presenciais por mês
  • Resultado Chave 2: Realizar 200 testes remotos por mês

Crie a cultura de OKR na sua empresa

Estabeleça prazos, estipule uma programação e mantenha um cronograma de reuniões para tratar sobre o andamento das OKRs com a sua equipe.

Dessa forma o que foi proposto não é esquecido. Equipes que não trabalham com uma gestão por objetivos, tendem a dedicar a maior parte do seu tempo a apagar incêndios fazendo com que os resultados esperados pela empresa não sejam atingidos.

Em algumas organizações, pelo fato de se trabalhar a muito tempo de uma única forma, é possível que essas equipes apresentem maior resistência e baixo desempenho nos primeiros ciclos das OKRs.

Nesse sentido, pode ser interessante iniciar com ciclos menores de 30-45 dias e com OKRs de menor complexidade e de menor dificuldade de atingimento, para que o aprendizado seja facilitado e que o feedback seja mais rápido, injetando desta maneira um fator motivacional e anímico no time.

E, por fim, proporcione um ambiente em que todos os funcionários possam compartilhar seus objetivos individuais, o andamento e o resultado dos mesmos para o restante da empresa.

Fique por dentro do universo do e-commerce! Siga as nossas redes sociais e acompanhe os conteúdos

Gostou desse conteúdo? Todas as semanas, temos textos novos sobre o setor do e-commerce, marketing e tecnologia! Para saber sobre as nossas novidades, nos siga em nossas redes sociais: Instagram e Facebook.

Boas vendas!

(Visited 30 times, 1 visits today)