Melhores canais de venda

Canais de venda: veja quais são os melhores e como utilizá-los

Para que o produto, oferecido pelo lojista em sua loja virtual, chegue até o consumidor, um meio de intermediação se faz necessário. Afinal, sem um contato, os clientes nem mesmo conhecerão a loja em questão. É nesse momento que os canais de venda surgem como ferramentas altamente relevantes. Basicamente, eles atuam fazendo a ponte entre o consumidor e o dono de um comércio — seja uma loja física, seja um e-commerce — viabilizando, assim, a interação entre as duas partes.

É importante ressaltar, porém, que a efetividade desses pontos de conexão — entre cliente e lojista — está diretamente relacionada à eficiência com que são utilizados. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para apresentar os melhores canais de venda para os donos de e-commerce e listar algumas dicas para que eles sejam usados de maneira mais efetiva. Confira!

Melhores canais de venda

Plataforma própria

Pensando em toda a operação de um e-commerce, é fácil chegar à conclusão de que o canal de venda mais relevante é a sua plataforma própria. Isto é, um site particular devidamente configurado e registrado em nome do dono do negócio.

A grande vantagem de contar com uma plataforma própria é que o lojista tem mais liberdade para oferecer os seus produtos e criar ofertas. Além disso, nesse modelo de operação, ele não precisa lidar com taxas de administração.

O sucesso de uma plataforma própria está diretamente relacionado à qualidade dos produtos, ao seu preço — incluindo o frete — e à divulgação. Nesse contexto, é indispensável que o proprietário crie a sua loja virtual pensando nos motores de busca e no SEO. Além disso, ele deve usar as redes sociais de maneira inteligente para atrair o público para o seu negócio.

Marketplace

Dentre os canais de venda para negócios online, podemos dizer que os marketplaces estão entre os mais tracionais. Afinal, hoje em dia, é difícil para uma pessoa pensar em fazer compras na internet sem usar algumas plataformas, como o Mercado Livre — mesmo que seja apenas para uma pesquisa de preço.

Esses “shoppings” virtuais abrem espaço para que lojas sejam criadas dentro de sua plataforma. Em troca, eles costumam cobrar um valor fixo ou receber uma comissão a cada venda realizada. A grande vantagem dos marketplaces é que eles atraem um grande número de visitantes todos os dias. Para transformar esses visitantes em clientes, porém, o lojista precisa se destacar, oferecendo produtos de qualidade e um bom atendimento.

Uma vez que o custo do frete é um fator importante, focar os anúncios do Google Ads em um público mais próximo, que tem acesso a um frete mais baixo, é uma opção inteligente.

Redes sociais

Atualmente, o lojista não pode separar as redes sociais das estratégias de marketing de seu e-commerce. Afinal, por meio delas, o cliente é capaz não apenas de conferir as novidades em sua loja virtual, mas também de tirar dúvidas e até mesmo de realizar compras.

Nesse cenário, é dever do empreendedor compreender o uso de tais ferramentas e estar presente naquelas mais alinhadas ao modelo da sua loja online. É necessário que ele entenda a melhor linguagem para se comunicar com os seus clientes e que identifique determinados fatores, como o melhor horário para se fazer postagens e a quantidade ideal de publicações por dia.

Melhores canais de venda

Plataformas de Ads

Por mais efetivas que sejam as redes sociais, muitas vezes, a concorrência — e a falta de experiência do lojista — faz com que o seu alcance seja limitado. Nesse contexto, as plataformas de Ads, como o Google Ads e o Facebook Ads, surgem como soluções úteis.

Ao fazer uso delas, o dono de um e-commerce pode impulsionar um post de suas redes sociais para um grande número de pessoas ou fazer com que a sua loja apareça em primeiro lugar nas pesquisas feitas nos motores de busca. Mas, uma vez que a eficiência desses anúncios está diretamente ligada a uma segmentação adequada de público, é importante que o empreendedor compreenda esse fator antes de recorrer a elas.

Uso inteligente dos canais de venda

Como visto, o uso inteligente dos canais de venda demanda capacitação e experiência, o que fica claro quando levamos em consideração alguns fatores, como a configuração de um site para e-commerce. Portanto, recorrer a profissionais é sempre a melhor opção.

Você gostaria de ter acesso a um suporte especializado para turbinar as vendas em seu e-commerce? Entre em contato conosco e descubra como a Bertholdo pode ajudá-lo a alcançar esse objetivo!

5/5 - (1 avaliações)

Conteúdos relacionados

Rolar para cima