Como criar um programa de fidelidade

Passo a passo: aprenda agora como criar um programa de fidelidade

Se você é dono de um negócio, talvez já deve saber que conquistar novos clientes é muito mais caro do que manter os existentes. É um esforço que pode ser duas, três ou muito mais vezes custoso para o orçamento das empresas, inclusive das lojas virtuais. Por isso, neste conteúdo vamos ensinar o que você precisa para criar programa de fidelidade.

Independentemente do ramo, essa é uma das melhores estratégias para manter os clientes sempre engajados: eles se mantêm adquirindo seus produtos, sabendo que estão usufruindo de uma oportunidade única. Continue a leitura para saber mais sobre o que é um programa de fidelidade e o passo a passo para criá-lo.

Como criar um programa de fidelidade

O que é um programa de fidelidade?

O programa de fidelidade é uma estratégia em que a empresa lança campanhas para os participantes acumularem pontos que, posteriormente, podem ser trocados por produtos, serviços ou outros benefícios. Para que o programa seja bem-sucedido, é importante que a empresa invista em automatização e uma plataforma simples e transparente.

O alvo de um programa de fidelidade deve ser os interesses dos clientes, como produtos que tiveram bom volume de vendas nos últimos meses. Isso ajuda a personalizar a comunicação e aumentar o envolvimento dos participantes.

Os benefícios dessa estratégia são inúmeros. Além de diminuir custo com aquisição de clientes, você consegue adquirir mais dados dos consumidores para melhorar a comunicação e aumentar o marketing boca a boca sobre a sua marca, uma vez que clientes satisfeitos indicam produtos para outras pessoas.

Qual o passo a passo para criar programa de fidelidade?

Existem algumas etapas cruciais para que um programa de fidelidade realmente funcione e produza resultados expressivos para uma empresa. Neste passo a passo, reunimos estratégias que não podem ficar de fora do seu programa.

Defina o nome do programa de fidelidade

O nome do programa precisa gerar interesse e incentivar os clientes a participarem, além de ser distinto dos vários programas de fidelidade que já existem. É importante ter concisão e ir direto ao ponto!

Cadastre os clientes

Obter boas informações sobre o público é a chave para criar um programa bem-sucedido. Softwares de relacionamento com os clientes e e-mail marketing podem oferecer dados importantes sobre sua base de clientes. Mas também é possível trocar informações como e-mail, telefone, hábitos de consumo, últimas compras, entre outras, por materiais gratuitos e de qualidade.

Estabeleça as regras

O participante precisa saber como acumular os pontos, como usá-los, qual a validade, quais os prêmios, a equivalência entre os pontos e as recompensas, entre outras regras fundamentais. Deixe tudo isso claro no programa.

Escolha os tipos de recompensas

É importante conhecer bem os clientes para escolher recompensas realmente atrativas. Para essa tarefa, você pode pesquisar e analisar o histórico de compra dos clientes.

Como mensurar e avaliar os resultados?

O trabalho não termina com o lançamento do programa de fidelidade. Na realidade, a mensuração dos resultados e a sua avaliação compõem a parte mais importante para cumprir os objetivos com a estratégia e obter mais vendas. Isso pode ser feito de várias maneiras. Com o Google Analytics, por exemplo, você pode acompanhar o alcance das suas campanhas, comparar resultados e ver o que merece mais cuidado.

Além disso, uma métrica bastante útil nesse caso é a receita gerada com os clientes fidelizados. Sabendo quanto em dinheiro os clientes trouxeram, você pode avaliar o retorno sobre o investimento (ROI) do seu programa de fidelidade.

Em geral, os meios para mensurar os resultados podem mudar de acordo com os objetivos da empresa, mas acreditamos que esses são ótimos pontos de partida. Use-os para obter insights valiosos e criar estratégias ainda mais assertivas no futuro.

Agora que você sabe como criar programa de fidelidade, veja o que ainda falta para dar início à sua estratégia. Com essa solução incrível, fica mais fácil entender o seu cliente, além de diminuir custos de produção e aumentar o faturamento da sua empresa. Com o nosso passo a passo, você já sabe por onde começar. Então, boa sorte!

Se gostou das dicas, aproveite para compartilhar o conteúdo nas suas redes sociais e ver o que seus colegas têm a dizer sobre o assunto!

Conteúdos relacionados

Rolar para cima