Todo lojista deseja que sua loja virtual apresente uma alta performance. Resultados expressivos são conquistados a partir de diversos fatores, e um dos mais importantes é a qualidade de navegação no site. Entender como o Page Speed afeta suas vendas é essencial.

Diante desse contexto, problemas de carregamento podem afetar em muito a sua conversão. Para evitar prejuízos, é necessário ficar atento ao Page Speed (ou seja, a velocidade da loja virtual) e corrigir possíveis erros. Neste artigo, vamos explicar quais são as falhas mais comuns que podem causar lentidão no seu site. Acompanhe!

O que é Page Speed?

Traduzindo para o português, o termo significa “velocidade da página”. Parece simples, mas por trás dessa expressão existe um conjunto de fatores que podem ser analisados. Um site lento já é algo desagradável para qualquer usuário, mas a questão é ainda mais importante quando falamos de e-commerce.

O primeiro ponto a ser destacado é que a velocidade de um site é dos critérios de ranqueamento do Google. Ter um Page Speed ruim pode diminuir o tráfego da sua loja virtual, já que o buscador vai priorizar as URLs mais rápidas. A empresa se preocupa tanto com essa questão que até criou uma ferramenta gratuita que ajuda a medir o desempenho do site.

Além disso, os consumidores buscam praticidade e segurança para realizar suas compras. Ao se deparar com problemas na velocidade da loja virtual, todo o processo de compra fica comprometido. Essa situação pode trazer insegurança e prejudicar a imagem da sua marca.

Page Speed: como a velocidade da sua loja virtual afeta as vendas

Quais são os fatores que podem interferir na velocidade da loja virtual?

Agora que você conferiu a importância do Page Speed, veja quais são os principais problemas que podem surgir (e aprenda como evitá-los):

Quantidade de informações enviadas para o navegador do cliente

Quando o navegador exibe a sua loja virtual para o usuário, todos os arquivos de imagens (GIF, PNG e JPG), JavaScript, jQuery e CSS são enviados para o computador do consumidor. Quando maior o número de arquivos enviados, mais lento será o carregamento do site. É necessário rever esses elementos e identificar quais podem ser descartados sem prejudicar o funcionamento do site.

Tamanho das imagens

Sabemos como a qualidade das imagens é fundamental em uma loja virtual, afinal, elas podem ser decisivas na decisão de compra. Como geralmente existe um grande volume de fotos, é necessário que o tamanho dos arquivos e as próprias dimensões das imagens sejam reduzidos até uma proporção que não prejudique a visualização.

O importante é saber qual extensão de arquivo se adapta melhor para o que o site pede. Se a imagem precisa ser animada, por exemplo, o GIF pode proporcionar isso de maneira bem eficiente, enquanto o PNG é comumente usado por ter boa resolução e a possibilidade de transparência no fundo. Por fim, se você quiser otimizar ao máximo o tamanho das imagens e não precisa das funcionalidades das outras extensões, o JPG é a melhor opção.

Recursos desnecessários

Os plugins são extensões ou programas inseridos em todos os sites. Muitas vezes, alguns elementos presentes não são relevantes e, por esse motivo, é interessante excluí-los. Outro fator que podem influenciar na velocidade de sua loja virtual é a forma como os códigos estão escritos. Nesse caso, é necessário revisá-los e fazer uma limpeza, removendo os trechos desnecessários.

É importante destacar que alterações e correções são comuns em uma loja virtual. Diante dessa necessidade, é fundamental contar com o serviço de uma empresa especializada, que possua infraestrutura e equipe preparada para oferecer todo tipo de suporte para o seu e-commerce.

A velocidade da loja virtual pode ser um diferencial competitivo para qualquer negócio. Oferecer ao consumidor uma navegação rápida é uma forma de aumentar a performance do site e, consequentemente, a sua conversão.

E então, você acredita que sua loja virtual precisa de melhorias? Faça um check-up gratuito e descubra como otimizar seu site!

(Visited 225 times, 1 visits today)