Hoje, o papo com o profissional do e-commerce será diferente! Vamos falar sobre empatia e transformações nas relações humanas e de trabalho durante a Covid-19 com Flávio Bertholdo, sócio-proprietário da Bertholdo.

Para além de temas tão importantes para 2020 e 2021, ele também aborda assuntos como tendências para o mercado e crescimento do setor do e-commerce nos próximos anos. 

Conversa com o profissional do e-commerce

 

Flávio Bertholdo antes da Bertholdo

Antes de fundar a própria empresa, Flávio Bertholdo, que é Mestre em Ciência da Computação pela UFMG com foco em Recuperação da Informação e Processamento Digital de Imagens, trabalhou no antigo Grupo Belgo (atualmente ArcelorMittal).

Durante sua trajetória na empresa, viu uma lacuna na prestação de serviços de consultoria SAP, já que o GB optou, a certa altura, não atender corporações fora do seu portfólio. Logo, nomes fortes no mercado, como MRV e Ical ficaram sem suporte. E, aí, bingo! Flávio Bertholdo agarrou a oportunidade com unhas e dentes há pouco mais de 20 anos.

“Além das consultorias SAP, em 2002, a Bertholdo incluiu o desenvolvimento web no catálogo, principalmente o que era referente a sistemas web integrados ao SAP. Já em 2008, esse núcleo da empresa focou completamente em e-commerce. Atualmente, permanecemos com atividades nessas duas principais linhas: consultoria SAP e E-commerce”.

Uma pandemia em meio ao crescimento do setor de e-commerce

2020 trouxe uma pandemia que poucos, ou ninguém, imaginaria. Com a Bertholdo crescendo, já que o ambiente online era tendência, um novo desafio: trabalhar, por meses, em home office e manter os clientes, já ativos, na base.

Para Flávio Bertholdo, apesar do cenário triste e caótico em todo o mundo, essa foi mais uma oportunidade e ele, junto ao seu time, estava, digamos, preparado. Isso porque, há alguns anos, a empreitada no digital já estava a todo o vapor:

O resultado, com muitas empresas se abrindo para o e-commerce, foram novos clientes e, claro, a base fidelizada. Mas, tranformações ocorream e elas continuarão.

“Com a pandemia, melhoramos diversos processos internos em função do trabalho remoto e também criamos novas formas de atendimento e treinamento, com uso intensivo de vídeos. Vamos levar isso para o futuro, além de outras ideias que já estão sendo estruturadas para os próximos meses”, conta Flávo Bertholdo.

A empatia como base para uma empresa humanizada

Lembra que, logo acima, contamos sobre os funcionários da Bertholdo trabalhando de casa? Isso foi novo para Flávio que, viu na empatia, a solução para qualquer contratempo.

“Essa palavra, que pode soar clichê, fez toda a diferença. Nos colocarmos nos lugares uns dos outros, como time, foi essencial e queremos que isso seja mantido”.

E como alguém que não tem medo de mudar, o fundador da Bertholdo aprendeu, mais uma vez, o quanto a transformação é necessária, mesmo quando ela chega sem pedir licença.

“Ainda sobre a Covid-19, aprendi, sobretudo, que precisamos nos adaptar o mais rápido possível às mudanças. Ficar reclamando ou utilizar certas situações como desculpa apenas atrasa nossa evolução. Porém, em qualquer cenário desse tipo, necessitamos manter a comunicação no mais alto nível e priorizar as pessoas”.

Flávio Bertholdo e os planos futuros

Para Flávio, o futuro na Bertholdo já chegou. Com tantas evoluções em 2020, vários processos foram acelerados e coisas novas estão para chegar ao mercado em que atuam.

“Acredito que no marketing digital ainda existam várias oportunidades que não foram exploradas por muitos de nossos clientes. Vamos lançar novos produtos para ajudá-los neste desafio e estamos preparando dois novos produtos”, adianta o profissional. 

O primeiro, já colocando um leve spoiler aqui, será uma consultoria avançada em E-commerce, focado em lojas virtuais que precisam ampliar o faturamento e aprimorar a gestão. Já o segundo terá como foco um produto específico em SEO, com metodologia e estratégias para tornar o canal orgânico a principal fonte de tráfego. 

E o setor do e-commerce nos próximos anos?

De olho em tudo ao seu redor, Flávio Bertholdo finaliza o bate-papo contando mais sobre suas expectativas para o crescimento do comércio eletrônico até, aproximadamente, 2025:

“Acredito que a pandemia acelerou o crescimento do setor como um todo. Algumas metas esperadas para 2022 já foram alcançadas. Percebo, e os dados comprovam, que grande parte das pessoas incluíram as compras online nos seus hábitos de consumo. Isso permitiu melhorias significativas na logística brasileira. Estamos desatando alguns nós que travavam o e-commerce no Brasil. Os resultados do e-commerce irão continuar a crescer, sustentados pelo aumento de consumidores, amadurecimento das empresas e otimização das cadeias de distribuição e consumo”.

Torcemos para que sim, Flávio! E você que tem, ou sonha em ter, uma loja virtual e quer aproveitar tantas oportunidades, faça contato com a gente! A nossa equipe está pronta para te ajudar em todas as etapas do negócio. Vamos juntos? Clique aqui e fale conosco #vempraBertholdo

(Visited 60 times, 1 visits today)
Conversa com o profissional do e-commerce: Flávio Bertholdo Conversa com o profissional do e-commerce: Flávio Bertholdo Conversa com o profissional do e-commerce: Flávio Bertholdo 2021-01-28 15:48:04
5 5 1