Existem milhares de módulos Magento disponíveis para download no Marketplace, oferecendo soluções para todo tipo de e-commerce. Como muitos deles são gratuitos, é grande a tentação de instalar vários na tentativa de deixar a loja virtual mais funcional. Mas isso pode causar problemas. O código-fonte de um módulo pode entrar em conflito com o de outro.

Neste artigo, você vai entender por qual motivo o excesso de módulos Magento pode causar conflitos na sua loja virtual e como evitar esse tipo de problema.

módulos Magento conflitos

O que são conflitos de módulos Magento?

Os conflitos de módulos ocorrem quando um ou mais deles substituem os mesmos arquivos do núcleo do Magento. Se você consegue ver o termo “<rewrite>” no arquivo “config.xml” de um módulo, saiba que ele pode “brigar” com outro.

O resultado é que a plataforma pode ficar com instruções conflitantes (faça X, mas não faça X). Um dos módulos não vai funcionar corretamente ou outros problemas podem acontecer.

Módulos escritos com qualidade só vão substituir as classes núcleo do Magento quando for indispensável, ou seja, quando não houver alternativa prática para alcançar aquela função. É sempre melhor quando o módulo não reescreve essas classes. Mas acontece.

Quais as principais causas desse problema?

A própria abundância de módulos nos informa que o Magento é uma plataforma altamente customizável: pode ser programada para todo tipo de função. Mas isso exige que o núcleo seja muito básico. Classes como “sales/quote”,” checkout/cart” e “checkout/type_onepage” são alvos frequentes de edições por parte dos módulos.

A instalação dos módulos acaba sendo inevitável por um motivo extra no Brasil: o núcleo do Magento não foi escrito pensando em nossos impostos, parcelamento ou diferenciação entre pessoas físicas e jurídicas. Assim, o lojista acaba adicionando módulos novos, às vezes sem critério.

Quais problemas o excesso de módulo Magento pode causar?

A instalação de módulos sem critério pode causar problemas como:

  • um ou mais módulos não vão funcionar adequadamente;
  • o tempo de carregamento da loja virtual vai aumentar. Problemas críticos de performance podem ocorrer. Caso sua loja fique lenta, você pode perder vendas;
  • a segurança do e-commerce pode ser comprometida pela instalação de módulos maliciosos.

Como evitar esse tipo de problema?

Existem quatro dicas simples para evitar o conflito entre módulos.

A primeira é instalar um módulo programado para isso, como o Modules Conflict Detector. Ele vai exibir os arquivos de configuração em uma grade e mostrar se estão em conflito.

A segunda é cumprir uma checklist antes de instalar qualquer módulo novo. Fazer perguntas como:

  • Qual meu objetivo com este novo módulo?
  • Está alinhado à minha estratégia?
  • O desenvolvedor é confiável?
  • Existe suporte/atendimento para ele?
  • Ocódigo é criptografado? (é melhor que não seja, para que ele possa ser lido e modificado).

A terceira é verificar o código-fonte antes de instalar — ou pedir ao seu desenvolvedor para fazê-lo.

E a quarta e melhor é contar com a consultoria oferecida por uma empresa especializada em Magento. Por lidar com muitas lojas diferentes na plataforma Magento, ela tem mais chances de já ter visto um problema parecido com o da sua loja e pode fazer recomendações melhores sobre quais módulos são realmente úteis para empresas do seu perfil.

Agora que você aprendeu mais sobre como evitar e resolver problemas com módulos Magento, fale com um consultor especializado da Bertholdo e vamos conversar sobre o que podemos fazer para melhorar os resultados do seu e-commerce.

(Visited 8 times, 1 visits today)