fbpx

O que é publicidade nativa e como funciona

Mais uma estratégia que vai ajudar a sua loja virtual a atrair clientes e, claro, a vender mais: conheça a publicidade nativa!

Calendário do e-commerce 2024: melhores datas para vender online

Que a internet está mudando o rumo das coisas, inclusive a forma como anunciamos produtos, já sabemos. Sobre isso, vamos falar, hoje, sobre a publicidade nativa, suas características e como você pode levar a ideia para a sua loja virtual.

Já adiantamos que essa estratégia pode ser, em alguns momentos, parecida com o marketing de conteúdo e é preciso ficar atento para não confundir os termos.

o que é publicidade nativa

O que é publicidade nativa?

O termo “publicidade nativa” é a tradução livre do inglês “Native Advertising” ou “Native Ads”, onde um determinado anúncio é levado ao usuário dentro de um contexto, sem que haja interferências. No Native Ads, o leitor é convidado a viver uma experiência com a marca em questão.

Os consumidores mudaram. A TV não atinge mais o número de pessoas de anos atrás, nem os jornais impressos. A internet tem mudado a forma como buscamos e consumimos informação. Logo, o marketing precisa acompanhar essa transição e dialogar de maneira mais transparente com o público.

E é aí que nasce a publicidade nativa que, como o nome sugere, está inserida em canais de comunicação que têm a ver com o público-alvo e onde os banners invasivos não têm vez!

Dessa maneira, todos os componentes do anúncio estão de acordo com o meio onde estão inseridos: cores, fotos, tipografias e a maneira como o conteúdo está sendo apresentado – linguagem, por exemplo. Veja abaixo:

Publicidade Nativa na Folha SP

O site da Folha de São Paulo possui uma seção de projetos patrocinados em que marcas apresentam seus produtos dentro de um conteúdo que tem como prioridade o reforço e posicionamento de marca. Na imagem, anúncio nativo da loja Wine Vinhos.

Vamos analisar esse exemplo: a propaganda não invade, em momento algum, a tela do usuário. Ela está inserida no contexto da Folha de São Paulo e toda a sua construção obedece a estética do site.

Além disso, a Wine não se preocupa em apenas vender seus produtos, mas em oferecer conteúdo. Ali, o intuito, aparentemente, é ensinar o leitor a usar diferentes taças para bebidas distintas. No final, claro, ele será induzido a visitar o site da marca por meio de um link.

É neste momento que a publicidade nativa pode ser confundida com marketing de conteúdo.

Publicidade Nativa X Marketing de Conteúdo

Se a publicidade nativa tem um outro veículo como forma de divulgar a sua marca, o marketing de conteúdo tem o seu próprio site ou blog como maneira de levar informação. Em alguns momentos, eles podem se parecer bastante, mas cada um traz particularidades e intuitos.

Para que você possa entender melhor, trouxemos um quadro produzido pela nossa parceira Rock Content e que explica essas diferenças:

publicidade nativa x marketing de conteúdo

Tão parecidos e tão diferentes, não é mesmo? Mas, agora que você já sabe a diferença entre os termos, fique atento para não fazer publicidade nativa da maneira errada. Vamos à prática!

Como levar a publicidade nativa para a sua loja virtual

De nada adianta explicarmos o que é o termo e como funciona, se não sugerirmos ideias para que a sua loja virtual também aproveite a estratégia, não é?

Listamos três formas para que o seu e-commerce faça Native ADS:

  • Faça parcerias com blogs e sites da sua região e divulgue conteúdos que atraiam o seu público. Se você tem uma loja virtual de roupas para bebês, que tal inserir um conteúdo que ensine futuras mães a montarem um enxoval para recém-nascidos?
  • Sabe aquele influenciador digital da sua região e que todos adoram? Peça para ele fazer um vídeo falando de algum produto vendido por você, mas de uma maneira leve e sem amarras.
  • Se você tem um e-commerce de comidas naturais, feche parceria com uma academia do seu bairro e faça peças de divulgação com dicas de saúde.

Viu como é possível trazer a publicidade nativa para a sua realidade?

Aproveite e leia mais conteúdos sobre outras tendências que vão fazer o seu e-commerce vender cada vez mais! Conheça o remarketing e o omnichannel.

Lembre-se: conhecer o mercado é a chave do seu sucesso 😉

5/5 - (2 Votos)

Conteúdos relacionados

Rolar para cima
Rolar para cima