Naming: o que é e como criar o nome de loja virtual?

Naming, ou “nomear” em livre tradução, é o conjunto de técnicas utilizadas para criar nomes de marcas. É, portanto, uma ferramenta extremamente recomendada para quem ainda não sabe como criar nome de loja virtual, mas já tem um projeto de e-commerce na mão.

Esse processo é considerado divertido pela maioria dos empreendedores. Entretanto, ele é muito mais importante do que parece, afinal trata-se de um termo que será atrelado definitivamente às características e à identidade do negócio.

Há também questões de propriedade. Além de estar aberto para cadastro no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), o nome também deve estar disponível para registro de domínio — o seu endereço .com na internet.

Para não haver nenhum problema ou arrependimento no futuro, trouxemos algumas técnicas e dicas de naming para ajudar na criação do nome da sua loja. Você verá que não é apenas uma questão de criatividade, embora ela seja decisiva. Confira!

Naming: como criar o nome de loja virtual?

Escolha termos agradáveis, coerentes e memorizáveis

Poupe seus consumidores de reflexões complexas ou enigmas. Observe que as pessoas hoje buscam por informações rápidas e diretas, e é interessante que a sua marca respeite esse comportamento. Um nome ideal deve ter leitura e pronúncia agradáveis, ser facilmente memorizável (preferencialmente algo conciso) e deixar bem claro o que é o seu negócio logo na primeira impressão.

Estude o mercado, mas não se prenda a modismos

Talvez você ainda não saiba exatamente como criar um nome de loja virtual, mas se há algo que nenhum empreendedor ou gestor quer é ser entendido como “só mais um” no mercado. Naturalmente, o título das marcas também segue tendências, e é interessante observá-las. No entanto, isso não significa acompanhar esses padrões ao pé da letra.

Lembre-se de que um dos principais propósitos de uma marca é ser encontrável e distinguível. Dessa forma, você tem muito a ganhar imprimindo, logo no nome, características, valores ou vantagens competitivas que torna o seu negócio único.

Pense em mídias sociais e SEO

Se você deseja ter um nome bem posicionado na web, precisará levar em conta as estratégias para redes sociais e SEO (otimizações para motores de busca). Embora seja possível rankear nos buscadores utilizando praticamente qualquer nome, aqueles que contemplam palavras-chave muito buscadas por um público tendem a ter alguma vantagem no início.

Nas redes sociais, por outro lado, algo que tem um enorme peso é a humanização. As pessoas tendem a interagir mais e melhor quando sentem que estão lidando com outras pessoas e não com empresas — ainda que estejam.

Esses fatos, porém, não devem ser limitadores na escolha do nome, até porque a internet se transforma com muita rapidez e apostar tudo nas regras atuais pode ser um risco. Ainda que o nome da sua marca não seja algo diretamente buscado, há a opção de criar blogs para seu nicho, bem como brand personas (comunicadores e influencers) e personagens (como a Lu do Magazine Luiza).

Comece definindo um tipo de nome

O brainstorm é essencial, mas, ao reunir diversas ideias sem adotar nenhum critério, fica um pouco complicado traçar um caminho a ser seguido. Uma sugestão para facilitar a sua seleção é definir o tipo de nome. Os principais são:

  • descritivos: que descrevem o produto ou serviço da marca, como Banco do Brasil;
  • patronímicos: que incorporam nomes próprios, como Magazine Luiza;
  • toponímicos: que se referem a uma localização, como Lojas Americanas;
  • metafóricos: que usam termos para destacar qualidades ou valores, como Jaguar;
  • siglas e abreviações: ideal para nomes grandes, como TAM (Táxi Aéreo Marília);
  • língua estrangeira: muito usados nos segmentos de tecnologia, como Rock Content.

A definição do tipo deve levar em conta as essências do negócio e as características do seu mercado, em especial os formatos que tendem a ser mais apreciados e respeitados pelo público.

Nome de loja virtual: faça a escolha certa!

Neste artigo, você conferiu algumas técnicas para ajudar na criação da marca do seu e-commerce e cuidados importantes. Só não deixe, porém, que essas recomendações ofusquem a história e a identidade do seu negócio. O segredo — se é que há algum — é ser competitivo e, ao mesmo tempo, autêntico.

E você? Tem alguma outra sugestão sobre como criar nome de loja virtual? Deixe nos comentários!

Conteúdos relacionados

Rolar para cima