Quer abrir uma loja virtual, mas está sem recursos para a compra de estoque? O dropshipping pode ser a solução!

O comércio online está em franco crescimento. Mas abrir uma loja virtual requer planejamento e logística, e o pontapé inicial pode ser complicado para quem ainda não conta com estoque. Se você está nessa situação e busca uma solução viável, é importante entender o que é e como funciona o dropshipping. Basicamente, trata-se de vender sem ter os produtos estocados. Um ponto positivo é economizar no investimento inicial.

Neste artigo, você vai conferir o que é dropshipping na prática, dicas de como encontrar os melhores fornecedores, entre outras informações relevantes sobre essa tendência capaz de impulsionar rapidamente os resultados de um e-commerce. Boa leitura!

O que é dropshipping

O que é Dropshipping?

Dropshipping é um termo empregado no comércio eletrônico para se referir à prática de utilizar estoque de terceiros para a venda de produtos, já que muitos empreendedores em sua fase inicial não têm condições de investir alto em mercadorias.

Dessa maneira, muitos empresários do ramo procuram por empresas que forneçam um catálogo de mercadorias, além de logística, para a abertura da loja virtual.

O dropshipping permite, então, que o lojista coloque sua ideia em ação sem que haja a necessidade de, num primeiro momento, comprar itens e contratar mão de obra para o gerenciamento de estoque e entrega.

Essa estratégia é muito utilizada não só por e-commerces novos, mas também por marketplaces. Tudo porque vários fornecedores vendem seus produtos em um só domínio. Nesse caso, toda a logística também é feita pelos fabricantes, que enviam as mercadorias aos clientes em nome da empresa em questão.

Então, em suma, dropshipping consiste em usar a sua loja virtual como vitrine para a revenda de artigos de terceiros. Assim, a sua principal função é intermediar a relação entre fornecedor e cliente na hora do fechamento da compra.

Em geral, toda a logística de entrega é feita pelo fabricante. Por isso, é válido apostar em um pós-venda eficaz, a fim de saber se o usuário ficou satisfeito com a entrega, qualidade e condições do produto.

Como escolher fornecedores?

Há alguns anos, o dropshipping era conhecido como uma negociação ilegal — pelo fato de que os principais fornecedores eram de fora do Brasil, e isso era visto como contrabando. Porém, algumas coisas mudaram!

Nos últimos anos, essa forma de comércio cresceu, o que fez com que muitos fornecedores brasileiros visassem o mercado. Agora, há opções tanto estrangeiras quanto nacionais para você fazer uma parceria de sucesso.

É importante saber como escolher bons fornecedores para e-commerce, uma vez que essa é a mola mestra do dropshipping. Nesse sentido, você pode:

  • começar pesquisando quais são as opções de dropshipping no segmento em que deseja atuar;
  • verificar a reputação da empresa no mercado;
  • pesquisar sobre a qualidade do serviço com outros clientes;
  • cotar os preços praticados;
  • descobrir como é realizado o processo de entrega e a política de trocas e devoluções no e-commerce;
  • contatar os selecionados da sua lista, para averiguar as informações da pesquisa.

O que é dropshipping

Quais as vantagens do dropshipping?

Apostar nesse modelo de negócio online é muito promissor. Afinal, exige pouca liquidez para a abertura e operação da empresa se comparado com um e-commerce que precisa se dedicar também à compra de produtos, estocagem e logística para a entrega.

Veja, a seguir, os principais benefícios do dropshipping:

  • abertura de loja virtual com redução de custos e riscos;
  • não há a necessidade de investir em equipe;
  • logística de entrega de mercadoria gerida pelo fornecedor;
  • variedades de produtos, utilizando mais de um fornecedor.

Quais as desvantagens?

Por outro lado, quem decide investir nessa estratégia para comércio virtual também deve levar em consideração alguns pontos críticos, como:

  • risco de contratar fornecedores dropshipping de qualidade duvidosa, principalmente fora do Brasil (é necessário pesquisar antes!);
  • falta de controle em relação às mercadorias enviadas;
  • baixa margem de lucro, pelo menos no início do projeto;
  • total dependência de terceiros.

O que é dropshipping

Como funciona na prática?

Para montar seu negócio de dropshipping, o ideal é começar determinando seu nicho de mercado. Se você optar por vender suplementos alimentares, por exemplo, sua estratégia será bem diferente da de alguém que decida investir no ramo de enxoval para bebês.

Uma vez definida essa questão, é o momento de escolher o fornecedor. Nessa etapa, o preço do produto importa, mas também pontos como a qualidade do produto e a forma como ele será entregue. Depois de tudo combinado, é hora de escolher a plataforma de e-commerce, montar sua oferta e começar a vender.

Quando uma venda é concretizada, geralmente é o fornecedor quem se encarrega da separação do produto, da emissão de nota fiscal e da entrega. Da mesma forma, no caso de troca ou devolução, também é responsabilidade dele.

Como identificar dropshipping grossistas?

O dropshipping grossista, ou seja, o fornecedor atacadista, normalmente não tem uma forte presença online. Afinal, seu objetivo é justamente entregar seus produtos para que outras empresas revendam. Ele não quer ser encontrado pelo cliente final.

Um fornecedor grossista não cobra taxas mensais e costuma oferecer um canal específico para seus intermediadores, solicitando um cadastro diferenciado. Além disso, é possível que seja direcionado para que você faça um pedido mínimo e que o fornecedor exija uma taxa extra para envios individuais.

Quais os melhores fornecedores de dropshipping em 2020?

A abertura de uma loja, mesmo que seja virtual, requer um bom planejamento de estoque. O que isso significa? Que sua intenção de venda precisa ser de acordo com a capacidade de fornecimento do atacadista. Outro ponto é decidir se você vai trabalhar apenas com grossistas nacionais ou, também, com internacionais.

Empresas que trabalham com dropshipping

Confira os principais atacadistas para trabalhar em 2020 e ter excelentes resultados com dropshipping:

O dropshipping é ou não uma boa saída?

Como toda aposta, essa estratégia apresenta possibilidades de perdas e ganhos. O que vale no momento da decisão é saber com quem você está fazendo negócio, ou seja, saber a procedência dos fornecedores que estão sendo contratados.

Então, pesquise! Converse com lojas virtuais parceiras, fique a par de como funciona o dropshipping com esses fabricantes e experimente o serviço antes de contratá-lo.

E, por fim, tenha um SAC que dialogue com o seu público. Não o deixe de lado só porque você não participa de todas as etapas da compra. Invista em marketing digital e procure sempre saber o que os seus clientes estão buscando no momento.

Agora que você aprendeu o que é dropshipping, aproveite para baixar o e-book “Como abrir uma loja virtual Magento”. Faça seu planejamento e conquiste resultados de sucesso!

(Visited 3.672 times, 1 visits today)
Dropshipping: o que é e como funciona em 2020? Dropshipping: o que é e como funciona em 2020? Dropshipping: o que é e como funciona em 2020? 2020-07-29 09:03:35
4.8571428571429 5 1