Abrir uma loja virtual requer planejamento e logística e, inicialmente, pode ser complicado para quem ainda não possui estoque. Se você está nessa situação, o Dropshipping pode ser a solução mais viável.

Mas, calma! Se você ainda não está familiarizado com essa palavrinha, vamos te contar o que ela significa e como funciona!

dropshipping

O que é Dropshipping?

Dropshipping é um termo utilizado no comércio eletrônico e consiste em utilizar estoque de terceiros para a venda de produtos, já que muitos empreendedores não têm condições de investir alto em mercadorias em sua fase inicial.

Dessa maneira, muitos empresários do ramo procuram por empresas que forneçam um catálogo de mercadorias, além de logística, para a abertura da loja virtual.

O dropshipping permitirá, então, que o lojista coloque sua ideia em ação sem que haja a necessidade de, num primeiro momento, compra de itens e a contratação de mão de obra para o gerenciamento de estoque e entrega.

Essa estratégia é muito utilizada, além de e-commerces novos, em marketplaces. Tudo porque vários fornecedores vendem seus produtos em um só domínio. Nesse caso, toda a logística também é feita pelos fabricantes, que enviam as mercadorias aos clientes em nome da empresa em questão.

Então, em suma, dropshipping significa revender artigos de terceiros tendo sua loja virtual como vitrine, permitindo que a sua principal função seja intermediar fornecedor e cliente na hora do fechamento da compra.

Em geral, toda a logística de entrega é feita pelo fabricante. Por isso, é válido apostar em um pós-venda eficaz, tudo para saber se o usuário ficou satisfeito com a entrega, qualidade e condições do produto.

Como escolher fornecedores de dropshipping

Há alguns anos, o dropshipping era conhecido como uma negociação ilegal, tudo porque os principais fornecedores eram de fora do Brasil e isso era visto como contrabando. Porém, algumas coisas mudaram!

Nós últimos anos, essa forma de comércio cresceu, o que fez com que muitos fornecedores brasileiros visassem o mercado. Agora, há opções estrangeiras mas também nacionais para você escolher. A dica é sempre verificar a reputação da empresa no mercado e pesquisar a qualidade do serviço com outros clientes.

dropshipping

As vantagens do dropshipping

  • Abertura de loja virtual com redução de custos e riscos;
  • Não há a necessidade de investir em equipe;
  • Logística de entrega de mercadoria gerida pelo fornecedor;
  • Oferecer variedades de produtos, utilizando mais de um fornecedor;

As desvantagens do dropshipping

  • Risco em contratar fornecedores dropshipping, principalmente fora do Brasil. Pesquise!
  • Falta de controle em relação às mercadorias enviadas;
  • Baixa margem de lucro, pelo menos no início do projeto;
  • Total dependência de terceiros;

Conclusão: o dropshipping é ou não uma boa saída?

Como toda aposta, o dropshipping possui possibilidades de perdas e ganhos. O que vale no momento da decisão é saber com quem você está fazendo negócio, ou seja, saber a procedência dos fornecedores que estão sendo contratados.

Então, pesquise! Converse com lojas virtuais parceiras, saiba como esses fabricantes trabalham e experimente o serviço antes de contratá-lo.

E, por fim, tenha um SAC que dialogue com o seu público. Não o deixe de lado só porque você não participa de todas as etapas da compra. Invista em marketing digital e procure sempre saber o que os seus clientes estão buscando no momento.

E, para te dar mais um empurrãozinho, leia o ebook “Como abrir uma loja virtual Magento“. Informe seus dados e receba, gratuitamente, em seu e-mail 😉

(Visited 1.880 times, 5 visits today)