Vai abrir uma loja virtual e não sabe quais produtos podem te ajudar a vender mais em sua loja? Apresentamos os melhores nichos de e-commerce para investir em 2020.

O avanço tecnológico e as facilidades da internet colaboraram para uma série de mudanças no comportamento do consumidor. Ele está cada vez mais conectado e apressado. Isso representa uma oportunidade para quem tem ou deseja criar um negócio nos nichos de e-commerce. Ter novas ideias de negócios pode ser simples, mas é preciso acompanhar o mercado também.

Entretanto, muitas pessoas que estão pensando em montar sua loja virtual têm grandes dúvidas não só na parte de operação e organização, mas sobre o perfil do negócio e a necessidade de ter boas ideias de e-commerce. Afinal, quanto melhor for a segmentação do negócio, maiores serão as chances de vender os produtos.

Esse é o seu caso? Decidir o que oferecer para vender mais costuma ser uma questão de oportunidade. Para ajudar, montamos uma lista com os 13 melhores nichos de e-commerce para investir no momento. Confira!

1. Alimentação saudável

Mais do que emagrecer ou manter a forma, uma boa alimentação virou um objetivo de vida em um mundo mais consciente e bem informado. Com o aumento da informação disponível, porém, veio também o tempo reduzido para pesquisar e comprar os melhores produtos para a saúde.

Várias ideias para e-commerce estão surgindo para aproveitar essa oportunidade e ainda há muito espaço para crescer. A sacada para investir nesse nicho é dar aos consumidores não apenas os produtos, mas criar uma relação de confiança com dicas sobre saúde, pacotes especiais e até rotinas de alimentação para fidelizá-los.

2. Moda

A moda é um nicho que nunca perde a importância. Mesmo sendo um ramo já estabelecido, ainda cria oportunidades para novas ideias o tempo todo — afinal, ela sempre está se renovando e abrindo mais portas de atuação no setor.

Uma das novidades para vender mais em um e-commerce de moda é apostar em compra e venda de roupas usadas, os famosos brechós, agora com um viés sustentável — a tendência slow fashion. 

Uma característica da moda é que você também pode criar um subnicho. Basta conseguir ficar de olho nas tendências de comportamento e ser um dos primeiros a entrar no mercado para atendê-las. Veja alguns: homens, mulheres, crianças, esportistas, gestantes, plus size, veganos, gospel… são muitas oportunidades para empreender!

3. Beleza

Assim como a moda, a beleza sempre foi um dos melhores e maiores nichos de mercado, tanto para o e-commerce quanto antes dele. As possibilidades são muitas: cosméticos, maquiagem, saboaria artesanal, produtos para unhas, etc.

A diferença entre os setores de beleza e moda é que a segunda área se expandiu muito em pouco tempo e, por isso, ainda existe muito espaço para crescer. Além dos produtos tradicionais, hoje existem subnichos de e-commerce que estão ganhando destaque. Como, por exemplo, mais preocupação dos homens com a estética e o cuidado de algumas pessoas para não adquirir itens testados em animais. Ademais, existem os produtos funcionais, que unem beleza à saúde.

A dica é apostar na última sugestão. O público está mais consciente quanto ao impacto da busca por beleza em um corpo saudável. As primeiras lojas virtuais que apostaram nesse compromisso têm tido bastante sucesso.

4. Decoração

Entre os mais promissores nichos de e-commerce para investir, é possível citar o setor de decoração e artigos para casa. Isso dado que o segmento teve um crescimento no seu faturamento de 23% no primeiro trimestre de 2017 e ainda merece atenção.

A população apresenta novos hábitos de consumo, como a busca incessante bem-estar e também por personalização — característica que reflete, também, no mercado de decoração. Sendo assim, se esse for o mercado de sua escolha, é fundamental estar atento às tendências e às exigências do consumidor.

Algumas vantagens desse nicho é o amplo público-alvo, a variedade de produtos e as altas possibilidades de vendas. O ideal, porém, é que a sua loja seja especializada em algo para se diferenciar da concorrência e atrair os clientes mais exigentes. Por exemplo:

  • especialista em um determinado item, como quadros;
  • especialista em móveis para um determinado cômodo;
  • especialista em opções mais simples e econômicas de decoração;
  • especialista em móveis de pallet;
  • especialista em artigos de um determinado país ou região.

5. Bebidas

Esse é um nicho relativamente novo e ainda com muito espaço para quem tem boas ideias. Nesse sentido, as empreitadas de e-commerce voltadas para bebidas têm crescido muito ao investirem em exclusividade e qualidade para um público que gosta de degustar e aprender mais sobre o produto que está consumindo.

Um exemplo são as lojas virtuais que vendem cerveja artesanal. Várias cervejarias de pequeno porte estão surgindo no Brasil com muita qualidade e focadas em uma experiência de consumo. Criar parcerias com essas empresas e apostar em um relacionamento diferenciado com o consumidor são dicas interessantes para alavancar um e-commerce de bebidas logo de cara.

6. Games

Caso prefira relacionar sua nova marca a um público mais jovem e que está constantemente ligado à tecnologia, talvez o mercado de games seja o ideal para você. Aliás, o setor cresceu muito nos últimos anos no Brasil, especialmente por causa da popularização dos dispositivos mobile.

É válido ressaltar, porém, que a indústria de games vai além dos jogos: ela engloba muitos produtos, como consoles e acessórios para videogames e computadores, camisetas, bonés, chaveiros, livros e itens de decoração. Isso estende as possibilidades de atuação de quem investe nesse setor.

7. Esporte

Você é fã de esportes? Então não é necessário nem pensar muito para escolher em qual segmento estruturar seu e-commerce. Afinal, trabalhar com o que se gosta é a chave para o sucesso. Nesse contexto, uma ideia é comercializar produtos esportivos na sua loja virtual.

Você tem a possibilidade de especializar seu negócio em uma determinada modalidade esportiva — luta, natação, corrida, ciclismo, yoga, dança, etc. Ou, mesmo, trabalhar com itens variados a fim de atender uma ampla demanda. Outro ponto que merece cuidado é com relação ao público que, geralmente, é bastante sensível nesse setor. É preciso segmentar bem os contatos para não enviar uma oferta de uma camisa do Palmeiras para um são-paulino, por exemplo.

8. Brindes

As lojas de brindes faturam o ano todo e ainda se aproveitam dos picos de venda nas datas comemorativas. A grande vantagem do nicho é a renovação constante dos produtos, mantendo a loja sempre relevante e atrativa para o consumidor. Portanto, se essa for a sua escolha, nunca pare de buscar novidades para novos presentes e aposte muito em customização, um grande fator de vendas na área.

9. Eletrônicos

As parcerias com fornecedores do exterior possibilitam duas oportunidades distintas no universo dos eletrônicos fazendo dropshipping. Por um lado, a oportunidade de encontrar fornecedores grossistas da China, conseguindo os produtos a excelentes preços e aumentando assim a margem de lucros. Por outro, é possível encontrar marcas de qualidade na Europa ou Estados Unidos.

Assim, você consegue atender a diversos públicos. Afinal, os eletrônicos podem ser de produtos como relógios digitais, até soluções tecnológicas inteligentes como os smartwachs. Além disso, ainda existem os gadgets que nem oferecem suporte como capas de celular. 

10. Informática

Computadores e smartphones são produtos nas casas e mãos da maioria dos consumidores hoje em dia. Com essas vendas, surgem uma infinidade de produtos, desde carregadores, fones de ouvido, teclados e mouses para gamers, até nobreaks. A área da informática é tão promissora que requer um calendário do e-commerce bem montado.

Isso porque os produtos que hoje são tendência e os mais procurados (e vendidos), rapidamente se tornam obsoletos com as novidades que chegam no mercado. Então, tenha atenção, principalmente se for montar um estoque com esse tipo de produto, garantindo a lucratividade sobre o que for vendido.

11. Produtos naturais

O consumidor está mais consciente e tem buscado por qualidade além do preço. Quando falamos de itens pessoais, principalmente na área de alimentação, produtos de higiene pessoal e limpeza, tem surgido um crescimento na busca pelos naturais. Esse é um nicho que normalmente é ancorado por informação de qualidade.

Então, dá até para apostar em uma loja virtual no Instagram inicialmente, desde que você ofereça conteúdos ricos para a audiência. Isso reforça o posicionamento da marca e ajuda a agregar valores como qualidade e credibilidade aos produtos oferecidos. Também é importante pesquisar sobre uma empresa especializada em e-commerce para garantir a escalabilidade do negócio.

12. Loja de cosméticos

Sejam naturais ou altamente tecnológicos, os cosméticos estão em alta. Produtos para emagrecimento e rejuvenescimento são os que mais despertam interesse a este público que busca pela beleza. O mercado, porém, tem se expandido e apresentado cada vez mais oportunidades.

Por isso, ao montar sua loja de cosméticos virtual, é preciso pensar no marketing para e-commerce e garantir a sua linha de produtos. Afinal, a procura é alta e a concorrência também investe pesado. Pense em quais são os diferenciais da sua empresa. Você trabalha com marcas reconhecidas no mercado? Produtos exclusivos ou artesanais, naturais ou veganos? Divulgue estes diferenciais. 

13. Artigos de filmes e séries

Talvez uma loja virtual no WordPress seja o primeiro passo para você lançar ou revender linhas de artigos de filmes e séries. As pessoas estão cada vez mais conectadas com os lançamentos do universo audiovisual e as resenhas e memes estão aí para comprovar isso.

Então, apostar em produtos, desde peças de vestuário até canecas, agendas e cadernos personalizados com os temas dos filmes e séries mais populares, pode ser uma excelente aposta. As pessoas querem enriquecer suas experiências e esse tipo de e-commerce pode ser uma oportunidade (além de servir como opção para presentes também).

Como identificar outros nichos de e-commerce

Por fim, utilize a Pesquisa Simplificada de Mercado (PSM) para identificar oportunidades ainda não exploradas pelos seus concorrentes. Essa é uma forma simples de descobrir novas ideias para e-commerce.

Ter novas soluções para sua loja virtual é uma questão de aliar vocação e oportunidades. Com determinação, conhecendo os melhores mercados e escolhendo a melhor plataforma para sua empresa, é questão de tempo até o seu negócio ganhar vida e força!

Uma vez que você já conhece as possibilidades dos nichos de e-commerce que podem te ajudar a vender mais, outra medida indispensável é buscar por uma consultoria para garantir que sua loja dê bons frutos e seja um sucesso. O apoio de um profissional será decisivo para um desenvolvimento saudável e eficiente para aplicar suas ideias de e-commerce.

Lembre-se que, tanto para abrir uma loja virtual quanto para ampliar as vendas do seu e-commerce, você deve ficar ligado nas últimas tendências e agir conforme seu planejamento estratégico. Se você quiser fazer sua empresa crescer com a ajuda de quem entende do assunto, então, entre em contato com a gente e descubra qual é a melhor estratégia para o seu negócio!

(Visited 12.809 times, 10 visits today)
Melhores nichos de e-commerce para investir em 2020 Melhores nichos de e-commerce para investir em 2020 Melhores nichos de e-commerce para investir em 2020 2020-05-19 15:41:40
5 5 1