Você sonha em ter seu próprio negócio? Se o caminho que você escolheu foi criar uma loja virtual, esse texto é para você. Vamos entrar de cabeça no mundo do e-commerce.

Vou apresentar, de forma clara, as três melhores estratégias para abrir sua loja virtual. Vou te mostrar formas eficazes e inteligentes para iniciar seu e-commerce. O objetivo é te ajudar, poupar seu tempo e evitar erros básicos.

como criar uma loja virtual

Em tempos de Influenciadores Digitais com mais de 5 milhões de seguidores, talvez tenhamos que pensar um pouco mais sobre como abrir novos negócios e obter sucesso no mundo digital.

Vi, no Fantástico, uma reportagem mostrando diversas garotas que são influenciadoras digitais de sucesso. A reportagem mostrava que para cada garota que obteve sucesso existiam muitas outras tentando fazer a mesma coisa, mas sem resultados e, muitas vezes, investindo bastante dinheiro e tempo.

Mas qual a relação disso com o e-commerce?

Acredito que no e-commerce ocorre o mesmo fenômeno: para cada loja de sucesso, temos pelo menos dezenas de outras tentando reproduzir os mesmos resultados.

Então, muitos empresários ficam com as eternas dúvidas: por que a loja do meu concorrente vende tanto e a minha não consegue o mesmo resultado? Como meu concorrente conseguiu fazer tanto sucesso na internet?

Para ajudar aqueles que já tem uma loja virtual sem resultados, e também para todos que desejam criar uma loja virtual, resolvi escrever esse texto.

Na série Criando Oportunidades, meu objetivo é escrever para os profissionais que já trabalham com e-commerce. E tenho mantido meu foco nesse objetivo, porém nesse mês abro uma pequena exceção.

Vou falar também para quem ainda não abriu sua loja virtual. Faço isso para evitar certos equívocos que ocorrem logo no passo zero do projeto de e-commerce. Mas acredito que isso também pode ajudar quem tem um e-commerce travado.

Então, vamos as melhores estratégias para montar seu e-commerce. E fique muito atento ao passo zero, sob pena de amargar um grande fracasso.

série mensal Criando Oportunidades

Qual o passo a passo para criar uma loja virtual?

Se você está lendo esse texto, provavelmente já pesquisou no Google sobre como criar uma loja virtual. E certamente encontrou diversos textos.

Basicamente esses textos apresentam duas ideias centrais:

  1. Muitos textos apresentam um passo à passo que inclui: escolher a melhor plataforma de e-commerce, escolher as formas de pagamento, sistema antifraude, investir em segurança e selos de segurança, desenvolver plano de marketing, contratar suporte, ERP e logística.
  2. Outros partem da ideia que é essencial elaborar um Plano de Negócios, incluindo: sumário executivo, estudo do mercado, plano de marketing, plano operacional, plano financeiro, estudo de cenários de negócios e avaliação estratégica,

Se você já leu um texto desses, talvez tenha a mesma opinião que eu: isso é muito complicado. São muitos itens a serem considerados e alguns são muito técnicos e até mesmo abstratos.

Apesar desse tipo de metodologia ter sua importância, eu prefiro outras abordagens. Como disse em outro texto sobre dicas para loja virtual crescer, prefiro metodologias mais rápidas, ágeis e dinâmicas de planejamento. Se quer saber mais sobre isso, sugiro que leia o texto citado.

Também acredito que melhor que quebrar a cabeça com tantos itens complexos é simplesmente contar com o apoio de profissionais especializados em e-commerce.

De toda forma, seja qual for o caminho que você seguiu, tenho algo muito importante para lhe apresentar. Se você já criou sua loja virtual ou então está seguindo um dos passo a passo citados acima, quero lhe fazer um convite: que tal dar um passo atrás?

Vou te mostrar o passo zero, que pode ser adicionado a qualquer metodologia que você tenha escolhido. Acredito que fazendo isso você aumenta muito as chances de sucesso do seu e-commerce.

Sem mais enrolação, vou apresentar as três melhores estratégias para criar uma loja virtual. E também vou explicar em detalhes como executar o passo zero, que consiste em fazer uma pesquisa simplificada de mercado.

Não fique preocupado em ser algo muito complexo ou com alto custo. Tudo que vou mostrar aqui, pode ser feito por você e sem exigir muito tempo ou conhecimento técnico.

Vamos lá?

Para começar vou apresentar as três melhores estratégias para entrar no mundo do comércio eletrônico. Aqui, você precisa identificar qual é a melhor alternativa para você e seu negócio.

Estratégia 1: Se você já tem o produto…

A primeira estratégia é a mais simples e óbvia. Mas nem por isso exige mesmo preparo e dedicação.

Essa estratégia é para quem já possui o(s) produto(s) que irá vender na internet. Ou seja, a preocupação sobre o que vender já foi resolvida anteriormente.

criar loja virtual com produtos

A estratégia 1 é indica para lojistas que já possuem lojas físicas, para quem produz artesanato ou ainda para pequenos fabricantes.

Mas não pense que se você já vende seus produtos em outros canais, como lojas próprias ou feiras, basta fazer o mesmo na internet e ter muito sucesso.

Mesmo já tendo o(s) produto(s), você precisa organizar um planejamento mínimo para iniciar as vendas na internet. E não basta pensar apenas em contratar uma plataforma de e-commerce, cadastrar os produtos e vender. A grande maioria das tragédias no e-commerce segue exatamente esse roteiro (às vezes com pequenas variações).

Como implementar a estratégia 1 com inteligência?

Seguem algumas dicas para você implementar:

  • Esqueça a ideia: “Vou criar uma loja virtual perfeita e depois começo a vender meus produtos”. Esse pensamento é o gatilho para o desastre de muitos empresários.
  • Esqueça os passos a passos para abertura de e-commerce citados acima. Cada negócio é único, procure descobrir a melhor estratégia para o seu negócio.
  • Substitua as ideias anteriores por: “Preciso testar meu modelo de negócio de forma rápida, simples e barata. Meu foco será descobrir como vender meus produtos na internet.”
  • Não se preocupe em cadastrar todos os seus produtos, pois isso pode demandar muito tempo e esforço. Pense em abrir sua loja virtual o mais rápido possível, mesmo que seja com apenas alguns produtos. No lançamento da loja, cadastre apenas os produtos essenciais.
  • Transforme o tempo em seu aliado! Crie um processo de melhoria contínua na sua loja virtual. Você pode adicionar novas funcionalidades, fazer melhorias e cadastrar novos produtos o tempo todo. Não tente fazer tudo isso logo no início.
  • Procure identificar com o máximo de precisão seu público-alvo. A definição de buyer personas é uma das técnicas mais utilizadas atualmente no Inbound Commerce. Aplique essa ideia no seu negócio.
  • Escolha seu produto de trabalho. Não importa quantos produtos sua loja virtual venda. Você deve escolher apenas um para realizar as próximas etapas. O produto de trabalho deve ser aquele com maior potencial de vendas, aquele que você mais acredita e que faz seus olhos brilharem.
  • Faça uma campanha de divulgação do seu produto de trabalho. Invista em mídia paga online, como Google Adwords ou Facebook Ads, sempre que possível oferendo descontos e promoções. Avalie investir metade do seu orçamento nessa divulgação. Para gerar vendas, você precisa atrair visitantes.
  • Realize sua pesquisa simplificada de mercado. Não sabe como fazer? Leia esse post do blog da Bertholdo.

ebook integrar loja virtual fisica

Estratégia 2: Se você já tem o público…

Essa estratégia é indicada para um grande grupo de negócios, bastante diferentes entre si. Vamos mostrar os principais exemplos.

Recentemente, estamos vendo diversos casos de sucesso de Youtubers, Bloggers e outros tipos de influenciadores digitais que utilizam a estratégia 2.

Normalmente, a estratégia funciona da seguinte forma: primeiro cria-se um público engajado na internet e depois cria-se uma loja virtual de produtos de marca própria ou que sejam relevantes para os seguidores.

Existem diversos exemplos de sucesso de influenciadores digitais utilizando a estratégia 2 pelo mundo. Focando no Brasil, dois ótimos exemplos são a loja ShopBela da Vanessa Lino e Niina Secrets Store.

 

Mas será que a estratégia 2 funciona apenas para influenciadores digitais? Claro que não! Eu vou mostrar outros negócios que podem utilizar com muito sucesso essa estratégia.

Recentemente, assistimos um enorme sucesso na utilização do Inbound Marketing e do Marketing de Conteúdo. De forma extremamente resumida, esse tipo de marketing propõe que mediante a publicação de conteúdo de qualidade, empresas atraiam público para seus blogs e sites.

Ou seja, o resultado dessa modalidade de marketing é gerar público. Então, por que não vender para esse público diretamente na internet?

Particularmente, acredito que o próximo passo depois do marketing de conteúdo é criar uma loja virtual para vender seus produtos ou serviços 24×7. Vender de forma rápida e direta, no instante em que seu cliente deseja comprar.

Basta aplicar a estratégia 2. Toda empresa depende de vendas para se manter no mercado. E acredite, podemos vender qualquer coisa em uma loja virtual, seja produto físico ou digital, serviço, curso ou qualquer outra coisa.

Vejo que muitos ainda não acreditam na venda de serviços pela internet. Poço testemunhar que isso funciona e muito bem por sinal. Depois que minha empresa, a Bertholdo, resolveu adotar esse modelo, nossas vendas crescem continuamente. Veja que interessante, na Bertholdo Connect, utilizamos uma plataforma de e-commerce para vender serviços de desenvolvimento e suporte de lojas virtuais.

Para finalizar, outro exemplo bastante interessante são as empresas de moda. O segmento de moda e acessórios é um dos campeões de vendas no e-commerce. Apesar disso, muitas empresas do setor ainda não possuem loja online.

Veja que diversas marcas possuem ótimos websites, blogs e presença significativa nas mídias sociais. É bastante comum, logo após lançamentos de coleções, desfiles ou participação em eventos, que ocorram picos de visitas na internet.

Porém, todo esse público online, que se interessa pelos produtos da marca, não é direcionado para realizar compras. Simplesmente, porque a marca não possui um e-commerce próprio. Essa é a hora de aplicar a estratégia 2.

criar loja virtual para influenciaodres digitais

Como aplicar a estratégia 2:

Seguem dicas para você aplicar a estratégia 2 rapidamente:

  • Esqueça os passos a passos sobre como criar uma loja virtual citados no início do post. Vários passos não fazem nenhum sentido para você. Itens sobre identificar seu público-alvo e divulgar sua marca não praticamente inúteis. Afinal, você já possui sua audiência.
  • Se você possui audiência, mas não tem produtos para vender, faça uma pesquisa juto ao seu público sobre produtos que eles desejam comprar.
  • Para quem não deseja desenvolver produtos uma ótima alternativa pode ser o dropshipping.
  • Mantenha uma ideia na cabeça: “Preciso manter meu foco em descobrir como vender produtos para meu público da internet.”
  • Crie uma loja virtual simples e comece vendendo apenas um pequeno conjunto de produtos. Uma ótima alternativa é incluir produtos digitais, como por exemplo e-books ou palestras em vídeo.
  • Para reduzir a carga de trabalho e agiliar o processo, procure parceiros profissionais para criar e administrar sua loja virtual. O ideal é utilizar uma plataforma de e-commerce com modelo SAAS full service.
  • Faça uma grande divulgação da loja virtual em todas as suas redes sociais. Sempre que possível invista na produção de vídeos de divulgação dos produtos. Lembre-se: não adianta ter a audiência se ela não souber do seu e-commerce.
  • Escolha seu produto de trabalho, que deve ser aquele com maior potencial de vendas, o seu “queridinho” do momento.
  • Realize campanhas de e-mail marketing para divulgar seu produto de trabalho, sempre que possível incluindo promoções exclusivas para seus seguidores.
  • Utilize uma estratégia de lançamentos contínuos. Em determinados intervalos de tempo, inclua novos produtos na loja virtual. A cada novo conjunto de produtos, escolha um novo produto de trabalho e realize uma grande campanha de divulgação nas redes sociais, e-mail marketing e tudo mais. A ideia é sempre ter alguma novidade para seu público.
  • Realize sua pesquisa simplificada de mercado para cada novo produto de trabalho. Entenda como fazer isso nesse post.

Estratégia 3: Se você não tem o produto e nem a audiência…

Quando você não tem nem o produto e nem a audiência, pode parecer que o projeto de criar uma loja virtual ficou muito difícil, talvez quase impossível.

Calma! Não é bem assim. E vou te explicar uma estratégia perfeita para esse cenário.

criar uma loja virtual de nicho

Apenas para começo de conversar, muitas lojas virtuais de sucesso utilizaram exatamente a estratégia 3 para começar. Um ótimo exemplo é o e-commerce 33 e 34, especializado no público feminino com os pés pequenos.

A estratégia 3 é indicada para quem quer criar uma loja virtual do zero. A melhor estratégia para obter sucesso nessa empreitada é conhecer profundamente uma demanda de mercado ainda não atendida. Ou seja, identificar um nicho de mercado.

Muitos texto sobre e-commerce apresentam um título do tipo: “X nichos de mercado para você investir”. Não acredite nisso. Pois ainda que estes textos estivessem corretos, após milhares de pessoas terem lido, os nichos citados já não existiriam mais.

Mas então como identificar um nicho para o meu e-commerce?

Utilize sua própria experiência! Pense em produtos ou serviços que você deseja mas não consegue encontrar na internet. Vamos ver alguns exemplos:

Se você pratica alguma atividade manual, hobby ou esporte especializado, talvez já precisou comprar itens específicos e encontrou dificuldade para achar. Talvez esse seja o nicho que você procura.

Em outro cenário, você procura um serviço (por exemplo para seu carro ou sua casa) você até encontra empresas e profissionais que oferecem aquilo que procura. Porém, as informações são desencontradas e incompletas. Ninguém parece ser muito confiável e os preços (quando você encontra) não parecem justos. Que tal investir nesse mercado?

Imagine ainda que você possui grande interesse e conhecimento sobre determinado assunto, como por exemplo plantas medicinais ou aquarismo. Você precisa comprar um item simples, que você encontra em algumas poucas lojas virtuais e também no Mercado Livre. Porém, as informações sobre o produto são péssimas. Você imagina a dificuldade de alguém leigo comprar aquele produto. Talvez você consiga transformar seu conhecimento na melhor loja virtual desse nicho.

Finalmente, você precisa comprar um produto simples e que é vendido por muitas lojas virtuais. Mas você não sabe de qual comprar, pois os preços são muito parecidos.

Você começa a visitar algumas lojas online. Porém, nenhuma lhe transmite muita confiança. Na verdade, todas parecem meio amadoras. Mesmo assim você realiza a compra, mas não fica satisfeito com o atendimento e nem com a qualidade do produto.

Tempos depois, você descobre uma fábrica do mesmo produto em uma pequena cidade do interior. Realiza a compra por telefone, pois eles não possuem e-commerce. A qualidade do produto é excelente. Pena que eles não vendem pela internet e demoram muito à entregar. Que tal fazer uma parceria ou representação comercial e começar sua loja virtual?

Acredito que você já tenha entendido a ideia. E também acredito, que assim como eu, já tenha vivenciado situações parecidas com as citadas acima.

Então, não perca tempo! Esta na hora de criar seu e-commerce de nicho. Aposte naquilo que você já conhece. Acredite nas demandas que você já vivenciou sendo um cliente de e-commerce. Confie na sua sensibilidade e intuição para encontrar seu nicho de mercado.

Como utilizar a estratégia 3 partindo do zero?

Algumas ideias simples para você criar sua loja virtual partindo do zero:

  • Esqueça fórmulas prontas e receitas sobre como criar uma loja virtual.
  • Foque em encontrar seu nicho de mercado.
  • Mantenha essa frase na cabeça: “Preciso manter meu foco em definir meu nicho e descobrir como vender produtos nesse mercado.”
  • Após definir seu nicho, você não precisa desenvolver produtos. Você pode simplesmente revender ou utilizar o dropshipping. Utilize sua própria experiência de consumo para encontrar os produtos mais adequados.
  • Monte uma loja virtual simples e comece vendendo um conjunto reduzido de produtos. Porém, capriche na descrição, imagens, nas informações complementares e nas condições comerciais (sempre que possível ofereça descontos e promoções).
  • Produza conteúdo de qualidade, se possível invista em vídeos e crie um blog para sua loja virtual.
  • Para reduzir a o esforço e investimento necessário, contrate uma plataforma de e-commerce com modelo SAAS. Prefira plataformas que ofereçam recursos completos para otimização de SEO. Afinal, você precisa ser encontrado pelo público do seu nicho.
  • Seja ativo nas redes sociais. Participe de grupos de interesse do público do seu nicho. Não exagere e nem faça SPAM, porém quando for adequado sugira sua loja virtual e seus produtos.
  • Faça uma grande campanha de divulgação da loja virtual. Utilize mídia paga online, como Google Adwords ou Facebook Ads. Invista pelo menos um terço do seu orçamento em divulgação da loja virtual. Para gerar vendas, você precisa atrair visitantes.
  • Escolha seu produto de trabalho, que deve ser aquele com maior potencial de vendas, aquele mais procurado dentro do seu nicho.
  • Faça divulgação do seu produto de trabalho no Google Adwords e Facebook Ads, sempre que possível oferendo descontos e promoções.
  • Faça sua pesquisa simplificada de mercado para o produto de trabalho. Leia nosso post e descubra como.

 

Conclusão (Como criar uma loja virtual)

Apresentamos as três melhores estratégias para criar uma loja virtual. Com certeza, existem muitas receitas para fazer isso (acredito que você já tenha lido algumas). Mas acreditamos que ao realizar o passo zero com critério e dedicação,  seu projeto de e-commerce terá mais condições de obter sucesso.

Identificar qual é a melhor estratégia para o seu negócio e seguir as nossas dicas pode te poupar muito tempo e evitar erros desnecessários. Esperamos que esse conteúdo te ajude a vencer a fase inicial do seu e-commerce.

As estratégias e dicas também podem ajudar lojas virtuais que simplesmente não vendem. Eu chamo isso de loja virtual travada. Então não perca tempo! Aplique nossas estratégias na sua loja virtual.

Espero que ao ler esse post e seguir nossas dicas, você encontre caminhos para realizar seu sonho e montar seu e-commerce. Boas vendas!

Esse texto faz parte da série mensal Criando Oportunidades, assine gratuitamente. Tenho certeza que nosso conteúdo vai te ajudar pelos caminhos do comércio eletrônico.

Agora, preciso que você me ajude. Avalie esse texto com as estrelinhas e deixe um comentário no espaço abaixo. Preciso saber se eu consegui te ajudar ou se ainda existe alguma dúvida.

Você conhece alguém que sonha em ciar uma loja virtual?

Que tal dar uma pequena ajuda para ele (e para mim também)? Compartilhe esse post no Facebook ou Google+. Utilize os botões logo abaixo.

Continuamos conversando sobre e-commerce no próximo mês.

Aos leitores, meu forte abraço. Desejo a todos sucesso, prosperidade e muitas vendas.

Flávio Augusto Bertholdo

#VamosJuntos

 

PS.: Parte das ideias desse texto foram adaptadas do post “Epic Fail Guaranteed: Starting Your eCommerce Business Without Step Zero” escrito por Gábor Imre. O texto citado apresenta ótimas ideias sobre como abrir uma loja virtual. Sugiro a leitura (mesmo o texto sendo escrito em inglês ;-).

(Visited 1.498 times, 6 visits today)